Acordo de cooperação busca desenvolvimento de projetos para a bacia do Rio Caí Foto: Divulgação/Ministério Público

O Ministério Público (MP) firmou na terça-feira, dia 2, acordo de cooperação com a Fundação da Universidade de Caxias do Sul (UCS) para o desenvolvimento de projetos na área de conservação ambiental envolvendo a preservação da bacia hidrográfica do Rio Caí. A intenção é integrar cursos de Ciências Jurídicas, Agronomia, Ciências Biológicas, Engenharia Ambiental e outros relacionados com a temática para a elaboração de estudos que permitam validar ou revisar práticas e métodos utilizados pelos municípios que integram a bacia.

O procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, assinou o documento conjuntamente com o reitor da universidade, Evaldo Antonio Kuiava. “O documento também mostra a importância da atuação de forma regionalizada, em especial com as Promotorias de Justiça que atuam na proteção das bacias hidrográficas”, destacou Dallazen. Na mesma linha, o reitor Evaldo Antonio Kuiava saudou o trabalho conjunto que potencializa as ações da universidade e do MP.

Já a promotora de Justiça Regional do Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica do Rio Caí, Cíntia Foster de Almeida, que no começo da semana esteve em São Sebastião do Caí para saber mais sobre o projeto Beira de Rio, relatou o trabalho desempenhado e a construção para a assinatura do acordo de cooperação. O coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, Daniel Martini, e a diretora do campus da UCS de São Sebastião do Caí, Janete Bonfanti, também participaram da assinatura.

Deixe seu comentário