Polícia, Furto de caminhão, BR-386, Restaurante, Nova Santa Rita

O simples fato de fazer uma refeição em um restaurante de beira de estrada se transformou em dor de cabeça para um motorista, logo depois do meio-dia. Motorista profissional há seis anos, Gilmar Cleber de Oliveira, 31 anos, havia deixado o caminhão da empresa de frutas em que trabalha, em Pareci Novo, estacionado a poucos metros do restaurante junto a um posto de combustíveis, localizado no km 436 da BR-386, em Nova Santa Rita.

Cerca de 30 minutos depois de concluir o almoço e voltar ao local, bateu o desespero em ver um enorme vazio no lugar do veículo, um Ford Cargo truck, placas JAX 0303, de Pareci Novo. Após registrar a ocorrência na DPPA Vale do Caí, no meio da tarde, o motorista lembrou que foi a única vez que deixou o caminhão no local com as portas chaveadas.

“Paro sempre ali, no mesmo local e no mesmo horário. Não sei te dizer o motivo de ter chaveado. Sempre deixei aberto e nada ocorreu”, lamenta. Ele informa que retornava de Porto Alegre, no bairro Restinga, onde havia feito entregas de frutas, e estava com a carga somente de caixas vazias.

Um motorista, que dormia quando Gilmar deixou o seu caminhão no local, contou que acordou com o barulho de dois veículos saindo juntos, mas disse não ter condições de oferecer mais detalhes. “Acho que eles levariam qualquer caminhão que chegasse ali naquele local. Azarado fui eu. É uma sensação de insegurança que leva o Brasil junto”, resume o profissional do volante.

O veículo conta com seguro, rastreamento e bloqueador, de acordo com o motorista. Entretanto, até o momento não foi localizado pela Polícia.

Deixe seu comentário