Receita Federal suspeitou do veículo de carga e passou a fazer acompanhamento a abordou-o em Montenegro

Desgovernado. Condutor se jogou do caminhão para fugir da Receita Federal

Um caminhão carregado de cigarros contrabandeados tombou na rua Valesca Lampert, próximo a Estação Rodoviária de Montenegro na manhã de ontem. A via é paralela à RSC-287. Na altura do quilômetro dois da rodovia, o motorista percebeu que estava sendo seguido por agentes da Receita Federal e saltou do veículo em movimento que, desgovernado, caiu no barranco. O homem de aproximadamente 30 anos tentou fugir, mas foi detido e levado para atendimento médico no Hospital Montenegro. O acidente foi por volta das 9h30min. Se o motorista cometeu ao menos dois crimes, cidadãos montenegrinos não ficaram para trás e saquearam parte da carga.

A inquilina da casa atingida pelo caminhão, que não quis se identificar, relatou que pouco antes estava atendendo um vendedor de água no portão. “Quando vi aquele caminhão vindo por cima eu sai correndo. Vi quando o motorista saltou e me assustei muito quando vi que ele parou aqui no portão”, disse a mulher.

aposentada conta que o portão destruído pelo caminhão foi instalado há poucos dias

O portão e a grade ficaram completamente destruídos pela força do impacto. Maria Nilsa Leindecker, 82 anos, proprietária da residência, se disse aliviada por ninguém ter se ferido. Mas também se preocupa com o prejuízo. “E agora? Quem vai me ressarcir pelo dano? Será que ele vai pagar? Acabei de instalar esse portão, foi terminada a obra na última sexta-feira. Não tive tempo nem de pegar o jornal na caixinha ainda. O susto foi grande”, conta a aposentada.

Receita Federal monitorava desde a BR-386
A Receita Federal tinha a suspeita de que o veículo estava com contrabando e acompanhava o caminhão desde a saída da BR-386. “Provavelmente essa carga iria abastecer a grande Porto Alegre. Agora o motorista deve responder por contrabando e por danos contra terceiros. Felizmente ninguém se machucou”, aponta o auditor da Receita Federal Ari Rovatz.

policial recolheu cigarros
que estavam sendo levados
por moradores da região

A Brigada Militar permaneceu no local até o recolhimento da carga para evitar novos saques. A divisão de Repressão ao Contrabando da Receita estima que havia cerca de 100 mil maços de cigarros, provavelmente de origem paraguaia, no caminhão. A carga é avaliada em cerca de R$ 500 mil. O veiculo com placas de Passo Fundo também tinha um rádio amador escondido no painel. Uma equipe da Receita Federal de São Leopoldo e outra da Capital foram acionadas finalizar a apreensão da carga e do veículo.

caminhão tombado parou na frente de residência, na rua paralela à rodovia estadual, perto da Rodoviária

Deixe seu comentário