Ator (E) foi irreparável em “O Nome da Rosa”, baseado no livro de Umberto Eco, dirigido por Jean-Jacques Annaud, em 1986. Foto: Reprodução Internet/ site Adoro Cinema

Morreu na madrugada deste sábado, dia 31, o renomado ator escocês Sean Connery. Segundo a agência de notícias BBC, a informação foi confirmada pela família do ator. Ele tinha 90 anos, e teria morrido enquanto dormia, nas ilhas de Bahamas. Connery atuou em 94 papéis e foi o primeiro ator a interpretar o lendário espião inglês James Bond, na franquia de filmes 007.

Ao longo de 50 anos de carreira, atuou em seis filmes do “007” nas décadas de 1960, 1970 e 1980. Foi apontado em inúmeras enquetes como o melhor James Bond do cinema, tendo sido responsável pela construção da imagem deste personagem, e que perdurou por anos. Ao menos até os anos 2000.

Connery também atuou no drama “Os intocáveis”, de Brian de Palma, pelo qual venceu o Oscar em 1988 na categoria de melhor ator coadjuvante. O ícone do cinema venceu o Globo de Ouro por três vezes, o Bafta por duas vezes e acumulou mais de 30 prêmios durante a carreira. Em 2000, passou a ser Sir Connery ao receber o título de Cavaleiro da Ordem Britânica da Rainha Elizabeth II.

Deixe seu comentário