Foi confirmado na tarde desta terça-feira, 19, o segundo caso de dengue em Montenegro. O primeiro caso confirmado no Município, desde que a Vigilância Sanitária passou a monitorar os casos, foi confirmado há pouco mais de duas semanas, em 31 de janeiro. O indivíduo da vez se trata do esposo da primeira pessoa contaminada.

Ele tem 55 anos de idade e é morador de localidade do interior de Montenegro. O homem acompanhava a mulher em passeio no Nordeste do país na primeira quinzena de janeiro, onde acabou contaminado. Segundo informações da Vigilância, depois da esposa, ele começou a sentir os sintomas e procurou o atendimento médico. Ele já se encontra bem de saúde.

Chefe da Vigilância, Silvana Schons conta que o casal foi rápido em procurar o teste rápido da doença e, por isso, ainda houve tempo para serem realizados os protocolos de bloqueio viral – sendo assim, limitou-se o risco de a doença ser espalhada através dos mosquitos aqui em Montenegro. Silvana orienta que, quem viajar para áreas de contaminação, como o Nordeste, deve fazer esse teste rápido no retorno, contatando a rede municipal de saúde pelo número 3632-0138.

A Prefeitura de Montenegro vem intensificando as campanhas de conscientização quanto a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que transmite doenças como a dengue. Só neste ano, 38 focos de proliferação do inseto foram identificados na cidade. Com a quantidade de focos e mosquitos crescendo, o perigo de que alguém venha de viagem de locais de risco e não faça o teste rápido é grande, podendo levar a epidemias da doença.

Deixe seu comentário