Idosos residentes em ILPIs começaram a ser vacinados Foto: Divulgação/Acom Montenegro

Após muita insistência da Secretaria de Saúde, um novo lote com mais 253 doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac, chegou a Montenegro nesta quinta-feira, 21. Segundo o Executivo, as 533 doses recebidas na terça-feira, 18, não eram suficientes para atender os profissionais da saúde e os idosos moradores de ILPIs. O município recebeu até o momento 786 doses do imunizante.

Todas as 253 doses da vacina contra a Covid-19 serão utilizadas no primeiro grupo prioritário. Desde a chegada das primeiras doses, foi definido que os primeiros vacinados seriam profissionais da saúde que trabalham na linha de frente na própria Secretaria, no Hospital Montenegro, Hospital Unimed e internos dos asilos.

E na tarde desta quinta-feira, 21, teve início a vacinação contra a Covid-19 em idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPIs). A primeira casa visitada foi a Doce Lar dos Avós, que possui 16 moradores e conta com cinco profissionais.

Eni Araújo Severo comemorou os 81 anos sem festa, porém com um presente especial: a vacina para o Covid.  Nilza de Oliveira Moysés não escondia o nervosismo, perguntando se a vacina seria dolorida. Aos 95 anos, a única coisa que sentiu após a aplicação foi felicidade. “Tomo todas as vacinas que aparecem. Quero viver mais”, relatou Dona Nilza. A secretária de Saúde, Cristina Reinheimer, acompanhou e aplicou as vacinas nos idosos.

Deixe seu comentário