A. G. Olyver irá participar com o primeiro livro da sua Saga Foto: Arquivo pessoal

Bienal de São Paulo irá ocorrer virtualmente por conta da Covid-19

Consagrado como um dos maiores eventos literários do mundo, e o maior da América Latina, a 1ª Bienal Virtual do Livro de São Paulo contará com um Montenegrino na exposição de livros. A. G. Olyver, de 36 anos, irá participar expondo o primeiro volume de um arco de uma saga: “A Saga Draconiana – Sophie Dupont e o Drakkar de Prata”.

Devido a Covid-19, o evento que é sucesso há 50 anos será de forma totalmente online neste ano, mas o seu brilho e importância seguem os mesmos. Autor independente desde 2014, A. G. Olyver conta que desde então usa plataformas de autopublicação, como a Amazon Kindle, e o Livrorama, e é a partir daí que o escritor teve a sua chance na Bienal. “Esse ano, o Livrorama conseguiu espaço para alguns dos autores independentes que trabalham com eles para expôr na Bienal do Livro de São Paulo. Eu estou entre os escolhidos, por causa da Saga Draconiana, pela originalidade do trabalho, que é o que se quer expôr nessas feiras: inovação”, explica.

Saga Draconiana Vol I Foto: Arquivo pessoal

Segundo o montenegrino, esse convite tem um significado enorme, por ser um autor independente. “Um evento como uma Bienal é sempre incrível. Quando é a Bienal Internacional de São Paulo, a maior da América Latina então é surreal. Participar disso é um marco na carreira de qualquer escritor”, comenta. A expectativa agora é que o evento traga para ele novos desafios, novos leitores e muitos novos contos e livros.

Para A. G. Olyver, ser escritor independente não é sempre fácil, há dias que parece não estar valendo a pena, mas ele garante que é normal. “A diferença está em acreditar que o que você está fazendo o que nasceu para fazer e se agarrar nisso. Persistir é o que faz a grande diferença. Porém, é sempre importante que o trabalho traga inovação. Não ser mais do mesmo é muito importante”, aconselha. O escritor também complementa que escrever, acreditar e dar a cara a tapa é essencial, afinal “quem não tenta não consegue”.

A Saga Draconiana

O primeiro livro da Saga Draconiana foi o escolhido pelo montenegrino para a exposição na Bienal de São Paulo, mas até o momento já existe uma trilogia pronta. Todos eles podem ser conferidos e adquiridos através do seu Site, tanto físicos como digitais. Os livros digitais estão disponíveis na Amazon, para Kindle, enquanto os físicos no site do Livrorama.

A obra de fantasia utiliza um dos elementos mais comuns na fantasia: Dragões. Porém, A. G. Olyver relata que no mundo criado por ele há um diferencial. “A Saga Draconiana traz uma visão moderna do mito do Dragão, quando une o dragão e o ser humano em um único ser: o Drakkar, híbridos descendentes dos Antigos Lordes Dragões com seres humanos. Quase como o conceito de semi-deus grego, onde os deuses tinham proles com seres humanos”, relata.

O objetivo do escritor agora é de expandir o Universo Drakkar, e outro livro já está sendo escrito, ao mesmo tempo em que ele escreve excertos no seu site, sobre o mesmo Universo. “Eu sou suspeito de falar, mas amo a Saga e o Universo Drakkar que construí ao longo desses 3 livros”, completa.

A Bienal de SP

A 1ª Bienal Virtual do Livro de São Paulo marca a chegada do maior evento literário da América Latina ao mundo dos eventos virtuais. O evento é de graça e 100% online, e as inscrições como visitante já está disponível no site oficial da feira. Serão mais de 150 expositores, e estima-se que terão mais de um milhão de visitas online.

Deixe seu comentário