Até julho, 177 celulares e 122 chips foram apreendidos na cadeia de Montenegro. Arquivo Jornal Ibiá

A transferência de cerca de 350 presos da Penitenciária Estadual de Porto Alegre (Pepoa) para outras casas prisionais, entre elas a Modulada de Montenegro, foi iniciada nesta quinta-feira, 21. Em ação integrada da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) com a Brigada Militar, cerca de 200 presos já foram transferidos, com o intuito de liberar a Pepoa para receber presos provisórios e, assim, desafogar as delegacias de polícia da região metropolitana. Atualmente 18 presos provisórios estão em delegacias da Capital, Região metropolitana e Vale dos Sinos. Com a ação, todas devem ser esvaziadas.

Em coletiva de imprensa hoje o vice-governador e secretário da Segurança Pública e da Administração Penitenciária, Ranolfo Vieira Júnior, anunciou um pacote de enfrentamento a problemas na área. Além da abertura de vagas para os presos provisórios e de casas prisionais, estão entre as medidas a cooperação técnica da Susepe com órgãos federais e o endurecimento do combate a fugas.

Deixe seu comentário