Foto: Divulgação/SES

Com mudança de estratégia, encaminhamento das doses previsto para esta sexta foi cancelado 

A Secretaria da Saúde, diante de determinação do Ministério da Saúde para que as doses da AstraZeneca/Oxford já recebidas sejam reservadas para segunda dose, cancelou a distribuição da remessa prevista para a tarde desta sexta-feira, 7. As doses que seriam distribuídas aos municípios chegaram no início da manhã de quinta-feira, 6, ao Rio Grande do Sul.

Ainda na quinta, após uma reunião entre o estado e os municípios, havia ficado decido que as 243.400 doses serviriam para avançar na vacinação das pessoas com comorbidades. A ideia era vacinar todas as pessoas com comorbidades de 33 anos ou mais. Entretanto, o planejamento precisou ser cancelado com a nova determinação do Ministério da Saúde. As vacinas ficarão na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi) até o momento adequado de distribuição.

Com a reserva, serão atendidas as segundas doses dos vacinados com doses da 5ª remessa, distribuída no RS em 25 de fevereiro, da 9ª remessa, distribuída em 22 de março, e da 10ª remessa, distribuída em 26 de março. Para as segundas doses dessas três remessas, são necessárias 233.850 doses. O lote enviado na quinta-feira ao Estado é de 243.400. A diferença, de 9.450 doses, também ficará armazenada na Ceadi.

Segundo o governo, no início da manhã de sábado, 8, deve chegar ao estado uma remessa de 63,6 mil doses da CoronaVac, que serão utilizadas integralmente para 2ª dose. Ainda de acordo com o governo, já foram entregues aos municípios gaúchos doses suficientes para vacinar todas as pessoas com síndrome de Down maiores de 18 anos e pacientes renais que fazem tratamento por diálise, além de grávidas e puérperas com alguma comorbidade, pessoas com comorbidades de 40 anos ou mais, e pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC a partir dos 40 anos.

Também já se vacinaram, com pelo menos uma dose de vacina contra a Covid-19, os idosos, os trabalhadores de saúde, povos indígenas, quilombolas e ribeirinhas, pessoas com deficiência institucionalizadas e força de salvamento e segurança trabalhando diretamente no combate à pandemia.

O governo informou também que está programado o recebimento de 69.030 vacinas da Pfizer/Biontech para a próxima segunda-feira, 10. Elas serão utilizadas somente em Porto Alegre.

Deixe seu comentário