O anúncio pegou muito estudante de surpresa no ano passado. Era o fim de novembro e a Viação Montenegro divulgou que a maioria das linhas que transportavam alunos para as universidades Unisinos, Ulbra e Feevale seriam suspensas em 2020. A justificativa era a pouca procura, que não bastava para cobrir os custos com funcionários, combustível e demais despesas.

Mas os montenegrinos não ficaram quietos. Os estudantes – muitos sem poder arcar com o transporte particular e sendo beneficiários do Passe Livre Estudantil – foram atrás de respostas. Acionaram lideranças políticas e a Associação dos Estudantes do RS (AERGS). Conseguiram, em dezembro, uma reunião com as partes – inclusive com a Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), que gerencia as linhas intermunicipais.

Primeiro, o esclarecimento dado foi de que a Metroplan não havia autorizado o cancelamento das linhas, definitivamente, o que representantes da Viação Montenegro disseram ter sido uma surpresa. Dias depois, ficou acertado que seriam necessários mais encontros e um levantamento aprofundado da oferta e a demanda antes que o futuro do serviço fosse definido. Isso seria acertado até o fim de janeiro, mas só foi divulgado nesta quinta-feira, 13, quando a Fundação foi questionada pela reportagem. As aulas têm início na próxima semana.

A Metroplan não trouxe de volta as linhas saídas de Montenegro que deixavam os estudantes dentro das universidades. Essas seguirão suspensas, conforme anunciado pela Viação. O que foi definido são as alternativas que os usuários terão para ainda terem assegurado o acesso às instituições de ensino. Os itinerários prevêem trocas de ônibus e paradas, inclusive, em horários tarde da noite. (DM)

UNISINOS

Quem vai para a Unisinos, tem saídas de Montenegro para São Leopoldo às 17h40 e as 18h40 – horários já existentes – mas somente até a Estação Trensurb do centro do Município. De lá, o estudante precisa pegar um ônibus da Empresa Central que faz a linha Trensurb-Unisinos. Para voltar, ainda continua operando a linha que sai de dentro da Unisinos às 22h30 e vem para Montenegro.

FEEVALE

Aos que vão para a Feevale, a opção é o ônibus que sai de Montenegro para Novo Hamburgo às 17h30 e vai até a Estação Trensurb do Município. De lá, é preciso pegar o ônibus da Empresa Central, que faz a linha Trensurb-Feevale com saídas às 18h40 e às 19h. Para voltar da Feevale, já é um pouco mais difícil. A opção é um ônibus que sai da universidade até a Vila Scharlau, em São Leopoldo. De lá, o estudante vai pegar o ônibus que saiu da Unisinos às 22h30 em direção à Montenegro. A previsão é que ele passe pelas 22h55 no local.

ULBRA

A alternativa para a Ulbra ainda é um teste, que deve seguir por dois meses para confirmação da demanda de passageiros. Conforme a Metroplan, o estudante poderá pegar em Montenegro o ônibus que vai em direção a Porto Alegre com saída às 17h10. A opção é descer na Estação Trensurb Mathias Velho e, de lá, pegar a condução da empresa Vicasa para ir à universidade. A Vicasa também faz o retorno, de volta à Estação, onde o passageiro precisará pegar o ônibus da linha Porto Alegre/Montenegro, que passa no local por volta das 23h15.

Deixe seu comentário