Cocaína e maconha foram encontrados com os acusados. Foto: 27ºBPM/ Caí

A situação causa revolta no cidadão, pois cria um sentimento de impunidade. O adolescente de 16 anos G.C.S.S. foi preso pela terceira vez no intervalo de 10 dias, em São Sebastião do Caí. Ainda assim, na ocorrência desta sexta-feira, dia 20, acabou apenas arrolado como testemunha no caso de tráfico, flagrado pela Brigada Militar (BM). O jovem possuindo diversos antecedentes por envolvimento com o tráfico na cidade.

Todavia, é preciso entender que, na maioria das vezes, essa decisão é adotada pela Polícia Civil (PC) para garantir a prisão em flagrante de indivíduos mais perigosos. Ele foi abordado por agentes do 27º BPM na companhia dos presos Gabriela Prestes Rockenbach, 20 anos; e Willian Silva Costa, 27. Com eles foram apreendidos 72 pinos de cocaína, uma bucha de maconha e R$ 1.160,00 em dinheiro. Na casa foram localizados dois televisores novos, roupas e celulares, provavelmente objetos de furtos. O casal foi enviado ao sistema prisional.

Acusado Willian Silva Costa
Acusada Gabriela Prestes Rockenbach

Deixe seu comentário