Foto: Polícia Civil

Um homem foi preso na manhã desta quarta-feira, 9, durante a segunda fase da Operação Vale Real. O delegado do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Alexandre Fleck, não informou o bairro onde ocorreu a prisão.

A operação tem como objetivo desarticular e descapitalizar um esquema criminoso especializado no roubo à cargas de carnes e cosméticos. Os criminosos agem na Serra e na região Metropolitana de Porto Alegre.

Hoje, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, oito pessoas foram presas de forma preventiva e outras três detidas em flagrante, por receptação de veículos roubados e com placas clonadas.

Também foram cumpridos mandados em Novo Hamburgo, São Leopoldo, São Sebastião do Caí e Soledade. Até agora, a operação prendeu o total de 15 pessoas, nas duas etapas deflagradas. A investigação terá continuidade.

 

Saiba mais sobre a Operação Vale Real

A investigação que resultou na chamada Operação Vale Real teve início a partir de um roubo ocorrido em agosto de 2019. Na ocasião, foi subtraída uma carga de de carnes de uma empresa localizada em São Vendelino, no Vale do Caí.

Segundo a polícia, os crimes praticados pela organização eram realizados com grave ameaça exercida por arma de fogo.O material roubado costuma ser vendido para pequenos estabelecimentos comerciais, nos quais às exigências de nota fiscal não são tão rigorosas.

A primeira fase da Operação Vale Real, deflagrada em maio deste ano, identificou presos do regime fechado atuando no esquema de roubos de cargas. Conforme a polícia, muitos líderes de quadrilhas comandam o crime, nas nas ruas, de dentro das cadeias.

 

 

 

Deixe seu comentário