A prefeitura de Maratá divulgou através de uma nota o registro da primeira pessoa suspeita de contrair o coronavírus. A paciente marataense foi encaminhada ao Hospital Montenegro (HM), nessa sexta-feira, 28, por conta de sintomas compatíveis aos da Covid-19. Através de avaliações, foi realizada a internação em isolamento na ala restrita para o coronavírus.

A coleta de material para ser analisado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS) já foi realizado e o resultado deve sair num período de quatro a sete dias. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde de Maratá, a família da paciente recebeu todas as orientações para o isolamento social por 14 dias, seguindo expressamente as determinações do Ministério da Saúde. A prefeitura salientou ainda que as medidas impostas pelo Decreto de Calamidade Pública, para que as restrições de circulação de pessoas sejam respeitadas.

 

Compartilhar

Deixe seu comentário