Chegaram ao Estado, às 9h50min desta sexta-feira, 18, 110.200 doses de Coronavac. Esse novo lote enviado pelo Ministério da Saúde deverá ser utilizado exclusivamente para completar o esquema vacinal de quem já tomou a primeira dose. Poucas cidades do Vale do Caí receberão quantitativo deste imunizante. Maratá receberá 120 doses, São José do Hortêncio 40, Harmonia 140, Tupandi 10. Já Triunfo receberá 150.

Com o anúncio, a prefeitura de Maratá divulgou nota informando que a Secretaria Municipal de Saúde se mobiliza para agendar a aplicação da segunda dose do imunizante, atrasada após a interrupção do fornecimento da vacina. O agendamento será realizado para a manhã deste sábado, 19, seguindo a sequência de datas da 1ª dose, ou seja, pelas aplicações mais antigas. Ainda segundo o comunicado da prefeitura de Maratá, as doses serão suficientes para suprir a demanda de segundas doses aos cidadãos que estão aguardando.

Segundo o governo do Estado, a análise da Secretária Estadual da Saúde a respeito dos municípios que recebem essas doses e o quantitativo levou em consideração os dados informados pelos municípios às coordenadorias e números de segundas doses faltantes não registradas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

“Comparamos e cruzamos dados dos municípios e do sistema oficial. Se o número de doses não registradas no sistema é maior do que o número de doses solicitado pelo município, consideramos o número pedido pelo município, porque certamente ainda não inseriu no sistema todas as vacinas aplicadas. Iremos distribuir vacinas Coronavac a todos os municípios que disseram ter segundas doses pendentes, e pedimos que, caso haja excedente, não seja aplicado como primeira dose, o que geraria a necessidade de reservarmos uma D2 que não temos neste momento. Todas as sobras devem ser devolvidas para novo rateio”, disse a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Doses da Pfizer também são distribuídas

Também chegaram ao Estado e estão em fase de distribuição às coordenadorias regionais de saúde (CRS) 141.570 doses da Pfizer que chegaram ao aeroporto de Porto Alegre no início da madrugada, à 0h19, desta sexta-feira, 18. Deste imunizante, segundo os dados da Secretaria de Saúde do Estado, haverá quantitativo para todas as cidades do Estado. Estão destinados para Montenegro 660 doses, Maratá 36, Brochier 54, São José do Sul 30, Pareci Novo 48, Triunfo 300.

A prefeitura de Montenegro divulgou que, neste sábado, 19, não haverá vacinação contra a Covid-19 no município, nem de primeira e nem de segunda dose. Na segunda-feira, 21, a imunização contra a Covid-19 chega aos montenegrinos com idade a partir dos 53 anos. Como o único medicamento disponível é da Pfizer, que não pode ser aplicado em ambientes abertos, o atendimento ocorrerá nas unidades básicas de saúde da Industrial (na Rua José Luiz, 1050) e Santo Antônio (na Rua Getúlio Vargas, 1323). No posto da Industrial, o público pode comparecer entre 8h e 12h e das 13h às 16h. Já no do Santo Antônio, o funcionamento será das 8h às 16h, sem intervalo ao meio-dia.

A Secretaria Municipal da Saúde também comunicou que, devido a baixa procura, a aplicação da segunda dose da Coronavac/Butantan, a partir de segunda-feira, estará disponível apenas por agendamento. Os telefones de contato são o 3632-0138 e o 99714 1078. As injeções serão feitas na sede da Vigilância Sanitária, na rua Coronel Antônio Inácio, 118, no Centro. Já a segunda dose da Oxford/Fiocruz continua disponível no drive-thru do Parque Centenário, mas em horário reduzido, das 8h às 12h.

Aqui você pode conferir os dados completos de distribuição da CoronaVac e da Pfizer para todos as cidades do Rio Grande do Sul diretamente no site do Estado.

Deixe seu comentário