Foto: ACOM/Prefeitura de Maratá

A secretaria da Saúde de Maratá encerrou nesta quarta-feira, 25, todas as visitas aos domicílios de pessoas com mais de 60 anos, que fazem parte do grupo de risco da Campanha de Vacinação contra a Gripe (influenza). Desde a última segunda-feira as equipes aplicaram 512 doses da vacina.

Profissionais da saúde também foram imunizados. Neste ano, devido ao avanço da Covid-19 (coronavírus), a campanha teve que ser realizada nas residências dos idosos, levando em conta as orientações das autoridades em Saúde, que indicam isolamento a este grupo de risco.

Em Maratá, 100% dos domicílios de pessoas acima de 60 anos foram visitados em três dias, garantindo a imunização de 90% das pessoas aptas a receberem a vacina. É preciso destacar que nem todos as pessoas quiseram ser vacinadas.

Conforme a Secretária de Saúde de Maratá, Gisele Schneider, o Dia D marcado para este sábado, 28, não acontecerá por conta do sucesso da campanha nas residências e porque as doses da vacina estão esgotadas no município. Tão logo seja entregue mais um lote, a informação será divulgada para que os idosos que não quiseram garantir a imunização, ou não estiveram em casa, possam procurar a secretaria da Saúde e  fazer a vacina.

A partir do dia 16 de abril, a campanha será direcionada aos professores, profissionais das forças de resgate e segurança, e doentes crônicos. Em 9 de maio, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, grávidas, mães no pós-parto, pessoas com 55 anos ou mais, população indígena e deficientes físicos serão imunizados.

Mais informações pelos telefones: 51 3614 4151, 3614 4157 ou 996 940 190.

Deixe seu comentário