Preso receberia um total de R$ 6 mil se tivesse obtido sucesso nos arremessos. Foto: Divulgação/BM

Policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizaram na madrugada desta quarta-feira, dia 14, a prisão de mais um indivíduo que tentava arremessar drogas, celulares, carregadores e chips telefônicos para dentro da Penitenciária Modulada Estadual de Montenegro (PMM). O fato ocorreu por volta das 4h, quando uma guarnição externa do presídio flagrou o acusado – que não teve nome e idade revelados – jogando objetos por cima do muro.

Após buscas, o indivíduo foi encontrado em um matagal aos fundo da PMM. Com ele foram encontrados dois invólucros, um deles contendo um celular e um chip. No outro, havia um carregador. Além disso, a agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) encontraram três pacotes no pátio da penitenciária. Neles haviam 492 gramas de maconha, 1 grama de cocaína, bem como mais um carregador para celular e três fones de ouvido.

Ao identificarem o indivíduo, os policiais verificaram que ele já havia sido preso em flagrante no dia 1º de outubro ao praticar o mesmo crime. Para a Brigada Militar (BM), o acusado relatou que recebeu R$ 1 mil como pagamento para realizar os arremessos. Caso tivesse sucesso ele receberia mais R$ 5 mil. Ele também informou que havia arremessado mais dois pacotes para dentro da PMM, por isso os policiais militares retornaram ao local e realizaram buscas até encontrar um pacote com 107 gramas de cocaína.

O acusado foi encaminhado para a Hospital Montenegro para realização de laudo médico e, posteriormente, apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, onde foi determinada a prisão em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes. O preso possui antecedentes por tráfico de drogas, associação ao tráfico, ameaça, entre outros.

Deixe seu comentário