A atuação contou com 27 alunos-soldados da Escola de Formação e Especialização

HORA de colocar em prática o que foi aprendido nas aulas. Novos PMs aumentam a segurança nas ruas da região

Uma instrução de trânsito realizada na tarde da última sexta-feira, 17, contou com a atuação de 27 alunos-soldados, da turma cinco, do Curso de Formação de Soldados da EsFES de Montenegro. A ação realizada na Avenida Ivan Jacob Zimmer resultou na abordagem de 105 veículos, entre carros, motocicletas, ônibus e caminhões. Além dela, desde a semana passada as turmas de soldados estão, de forma alternada, nas ruas de Montenegro e de outras cidades da região aumentando a sensação de segurança da população. Essa é mais uma etapa do processo de capacitação dos novos agentes.

Durante a operação, dois condutores tiveram a carteira de habilitação recolhidas, cinco estavam com a documentação vencida e os automóveis acabaram sendo apreendidos. Ao todo 36 autuações foram registradas. Esta é uma das ações práticas do estágio dos novos policiais. O tenente Ênio Pastório acompanhou a atividade. “Eles já passaram por todas as avaliações em sala de aula e agora estão realizando a parte prática”, sublinha o tenente.

A instrução de trânsito analisou aspectos da segurança interna nos veículos

Na instrução de trânsito foram averiguados aspectos relacionados à segurança interna nos veículos, uso das cadeirinhas e assentos para crianças, habilitação e outros. Um caminhão foi flagrado transportando terra sem uso de lona, o que coloca em risco a segurança de terceiros. Outras ações como esta devem ocorrer ao longo do processo de formação, contudo as datas não são divulgadas, até mesmo para não atrapalhar a operação ao alertas os condutores que possuem pendências.

O tenente-coronel Rogério Pereira Martins, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar (5ºBPM) de Montenegro, relata que os alunos desenvolverão atividades diárias, nas mais variadas áreas de enfrentamento a criminalidade no município. “O estágio prosseguirá até a formatura que está prevista para agosto”, ressalta o comandante. “Isso representa uma oportunidade de consolidação dos conhecimentos teóricos para os alunos e também uma estrategia de ampliação de fiscalização e prevenção criminal, pois são aproximadamente 30 alunos empregados diariamente, sob supervisão de profissionais mais antigos e dos professores”, reitera.

Deixe seu comentário