Direito é para recorrer livre. Ele volta pra cadeia apenas após trânsito em julgado. Foto: Internet

Conforme divulgou a Agência Reuters, a Justiça Federal do Paraná decidiu na tarde desta sexta-feira, dia 8, colocar em liberdade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ela é alicerçada na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na quinta-feira que impede a execução provisória da pena de prisão para um condenado em segunda instância.

O juiz federal Danilo Pereira Júnior acatou pedido apresentado de manhã pela defesa de Lula. Ele está preso há 580 dias após ter tido sua condenação confirmada no processo do tríplex do Guarujá (SP) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

O petista deve sair a qualquer momento da carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde está detido. Apoiadores já se aglomeravam nas imediações, dividindo espaço com a imprensa nacional e internacional. O ex-presidente tinha sido preso com base na decisão do STF de 2016 que permitia a execução da pena de prisão após condenação em segunda grau.

Deixe seu comentário