Ação contou com apresentação da banda marcial

Na manhã desta sexta-feira, 8, a Emef Lena Rozi da Rocha Pithan precisou mudar os planos. A caminhada, prevista em alusão ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, 2 de abril, foi cancelada devido ao mau tempo. Mesmo assim, a direção realizou um momento de reflexão com a presença da banda marcial. Diversos materiais como cartazes e painéis foram confeccionados pelos professores e alunos, já que os autistas costumam ser muito visuais e a instituição conta com sete alunos com o Transtorno do Espectro Autista.

Débora Ozório, diretora da escola, relembrou, antes do início da ação, que alguns autistas têm dificuldade com som alto, que causa muita incomodação. Porém, os alunos atendidos na escola não só reagem bem como adoram a banda, por isso, o momento foi possível. A fala reitera o posicionamento da escola quanto ao tratamento de todos os alunos que possuem particularidades para seguirem aprendendo com o convívio escolar.

A diretora destaca grande importância para a escola. “É um momento que podemos ter uma fala única para todos os alunos, lembrando que a nossa escola é inclusiva e acolhedora. Buscamos de forma democrática chamar os pais e conversar para ver as melhores estratégias e manejos para construir a aprendizagem dos alunos que apresentam uma maneira diferente de aprender”, afirma. O vice-diretor Cézar Amaral pontua que a proposta é uma escola cada vez mais inclusiva. “Aqui dentro [da escola] o aluno autista é acolhido dentro de suas particularidades, assim como todos os alunos”, conclui.

Deixe seu comentário