Secretária e salão paroquial foram alvos dos ladrões

R$ 6MIL do dízimo e caminhonete do padre foram levados

Bandidos invadiram a secretaria e o salão paroquial, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no bairro Timbaúva em Montenegro, de onde levaram R$6 mil, fruto da arrecadação do dízimo, a caminhonete Picape, do padre Luciano Royer, de 51 anos, um celular e uma televisão. O crime ocorreu entre a noite do dia 17 e a madrugada da sexta-feira, 18. Na noite da sexta-feira, uma mulher foi presa e o carro do pároco recuperado.

Os ladrões entraram no pátio pela grade ao lado da caixa de luz

O padre suspeita que a ação dos meliantes tenha começado por volta da meia noite, pois antes de se recolher ele esteve no local e tudo estava normal. O vigário mora em uma casa ao lado da igreja, mas conta que não percebeu nenhuma movimentação estranha.

Os ladrões pularam a grade de acesso ao pátio, arrombaram a fechadura da secretaria e lá conseguiram as chaves para abrir outras dependências, entre elas o salão onde estava a caminhonete. Eles desligaram o sistema de alarme do carro e fizeram ligação direta. O portão eletrônico foi erguido e retirado do lugar para passagem. Latas de tinta que estavam na carroceria foram deixando marcas por onde os meliantes passaram, próximo à igreja.

Na manhã da sexta-feira, uma funcionária chegou ao local e pensou que o padre tivesse saído com a picape. Quando ambos perceberam o que se tratava, a Brigada Militar foi chamada. O padre foi até a DPPA, onde registrou o furto/arrombamento.

Ladrão azarado bateu em carro de agente penitenciário
Os ladrões tiveram tempo para fugir sem que a ação fosse percebida, mas não tiveram sorte. Horas depois do crime, em Portão, eles colidiram a caminhonete do padre no carro de um agente penitenciário, que trabalha em Montenegro. Os meliantes saíram em alta velocidade em direção a São Sebastião do Caí.

A caminhonte do padre sofreu vários danos

O agente ligou para o religioso, achando que era ele quem estava ao volante da picape, mas o padre esclareceu que seu veículo havia sido furtado.

Veículo foi recuperado em Passo da Serra
Por volta das 21h45min, a Brigada Militar de Montenegro localizou a caminhonete e prendeu uma mulher de 52 anos. A prisão por receptação ocorreu na ERS-411, na localidade de Passo da Serra. Conforme a polícia, a suspeita é natural de Novo Hamburgo.

A BM recebeu uma denúncia anônima e, ao checar a informação, localizou o veículo. Conforme moradores do local, a caminhonete foi deixada na casa da mãe da suspeita. Os proprietários da casa que fica no mesmo terreno, informaram que a mulher teria deixado o automóvel no local para que no dia seguinte um mecânico fosse buscá-lo. A família nega qualquer tipo de envolvimento com o fato.

Agentes do setor de inteligência e também do policiamento ostensivo prenderam a suspeita. Ela foi encaminhada à DPPA de Montenegro, mas foi liberada. Em depoimento, ela contou detalhes sobre o modo de operação dos homens que invadiram a paróquia. O caso segue em investigação.

Padre lamenta o ocorrido

Para o padre Luciano Royer, a paróquia e a comunidade, que contribui com doações para o dízimo, foram vítimas de pessoas desestruturadas, que não tiveram apoio familiar e acabaram pendendo para o lado do mal. “Grande parte da população não vive de forma íntegra, não tem Deus no pensamento e no coração”, desabafa o pároco.

Periodicamente, os valores arrecadados são somados e depositados. Dessa vez, o depósito ocorreria na sexta-feira. “O dinheiro do dízimo é usado para pagar contas e fazer melhorias”, conta o padre. Agora, o planejamento volta-se para a ampliação da segurança no local.

Deixe seu comentário