A implantação do estacionamento rotativo pago poderá continuar de onde parou, em fevereiro, quando uma decisão judicial suspendeu o processo. A juíza titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Montenegro, Débora de Souza Vissoni, proferiu sentença a favor da Prefeitura, por não encontrar, entre as alegações da empresa que questionou a legalidade da concorrência, qualquer prova de irregularidade. A cobrança nas principais ruas do Centro, que deveria ter iniciado em 17 de fevereiro, ficará a cargo da empresa Serbet.

A ação foi patrocinada pela empresa BR Parking Estacionamentos Ltda, que também realiza este tipo de trabalho, mas não participou da licitação em Montenegro. Ainda não foi divulgado o novo cronograma de implantação, que deve ser antecipado por um período de 15 dias para orientação dos condutores. A Serbet já fez a demarcação da maioria das vagas e a instalação de quase todos os parquímetros.

Os primeiros 30 minutos de estacionamento custarão apenas R$ 1,00. Depois disso, o valor sobe para R$ 2,00 até uma hora e, então, para R$ 4,00 ao fim da segunda hora.

Deixe seu comentário