JBS, produção, demissões, carne fraca
Ideia é manter equipes para quando as exportações forem retomadas

A JBS suspendeu a produção de carne bovina em 33 das 36 unidades que a empresa mantém no país. A suspensão ocorre até este sábado (25). O objetivo é realizar adequações na produção até que haja uma decisão sobre as restrições à importação da carne brasileira, adotada por vários países.

China, Coreia do Sul e países da União Europeia barraram a importação do produto nacional, temporariamente. O motivo foram as informações divulgadas após a operação Carne Fraca, que apontou irregularidades na produção.

Apenas em Anastácio (MS), em Diamantino (MT) e Itapetinga, na Bahia, mantiveram a produção regular. Na próxima semana, todas as unidades da Companhia reduzirão sua capacidade de produção em 35%. A empresa afirmou ainda que está empenhada em manter o emprego dos 125 mil colaboradores em todo o país.

Confira a nota, na íntegra:
“A JBS confirma que suspendeu, por três dias, a produção de carne bovina em 33 unidades das 36 que a empresa mantém no país. Para próxima semana, a Companhia irá operar em todas as suas unidades com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva. Essas medidas visam ajustar a produção até que se tenha uma definição referente aos embargos impostos pelos países importadores da carne brasileira. A JBS ressalta que está empenhada na manutenção do emprego dos seus 125 mil colaboradores em todo o Brasil”.

Deixe seu comentário