Foto: Arquivo/Jornal Ibiá

Em reunião com o governador Eduardo Leite nesta sexta-feira, 10, diretores da Seara – empresa do Grupo JBS – anunciaram que a organização vai investir cerca de R$ 1 bilhão no Rio Grande do Sul ao longo deste ano e de 2021. É parte do projeto de expansão da companhia, que prevê um total de R$ 13 bilhões investidos em todo o país até 2024.

Segundo a diretoria, os municípios com unidades da empresa serão os que receberão a maior parte dos recursos. Montenegro está entre eles, ao lado de Caxias do Sul, Garibaldi, Passo Fundo, Seberi e Trindade do Sul. A empresa ainda não detalhou de que forma e o quanto deve ser aplicado em cada município, mas sinalizou suas pretensões.

Conforme o diretor Ivan Siqueira, em torno de R$ 640 milhões serão destinados ao setor agropecuário, incluindo investimentos feitos pelos produtores, para ampliação da capacidade de produção de frango, suínos e alimentos processados. R$ 400 milhões serão aplicados no setor industrial, a maior parte para a ampliação das unidades existentes.

Em abril do ano passado, o prefeito de Montenegro, Kadu Müller, adiantou que havia se reunido com a empresa sobre um investimento de R$ 36 milhões para a criação de uma fábrica de fatiados dentro do complexo já existente no bairro Imigração. Não há confirmação oficial se o projeto integra, ou não, as tratativas anunciadas ao governador.

O encontro com o Executivo Estadual foi aproveitado pela empresa para a apresentação de algumas demandas. Dentre elas, a necessidade de ampliação das redes trifásicas nas zonas rurais; e o pedido por mais agilidade nos licenciamentos ambientais. “Temos todo o interesse, pois somos um Estado vocacionado ao agronegócio e, por isso, contem conosco para auxiliar no que for possível para fomentar emprego e renda”, disse Leite aos representantes.

Deixe seu comentário