Jamaicanos e Medonhos farão a final no Cantegril

Em uma tarde de sol, calor e grandes duelos, a Copa Brenner Ford conheceu seus finalistas no último sábado. Na Série A, Jamaicanos e Medonhos farão uma decisão inédita e merecida. Na Série B, Inter de Montenegro/TK Pneus e Atlético Parças/Motel Refúgio venceram seus jogos nas semifinais, avançaram para a final e, de quebra, garantiram vaga na primeira divisão do próximo semestre.

Na primeira semifinal da Série A, Leandro Tratores/Nonnemacher/Maxi Maratá e Jamaicanos mediram forças no campo principal do clube. Enquanto o Leandro Tratores, mais conhecido como Fase Boa, buscava mais um título para sua coleção (é o maior campeão do clube), o Jamaicanos lutava para conquistar seu primeiro troféu na elite.

Quem chegou primeiro foi o Fase Boa. Aos cinco minutos, Enio Fernando recebeu em boas condições após jogada ensaiada e bateu de bico, mas o goleiro Lucas Flores salvou com os pés. A resposta do Jamaicanos veio aos 14 da primeira etapa, com Jonathan Daniel, o Jaca. O meio-campista chutou de longe e obrigou o goleiro Ederson a se esticar todo para espalmar. No minuto seguinte, o Fase Boa fez boa tabela no campo adversário, Acácio recebeu e finalizou, mas a defesa desviou de forma providencial.

Se o primeiro tempo foi morno, a etapa complementar começou a mil. Antes dos 30 segundos, Jaca arriscou de longe e Ederson saltou no ângulo para salvar o Fase Boa. Aos seis minutos, Jaca, que havia arriscado várias finalizações, foi garçom. O atleta cobrou falta com força, Bruno Esteves apareceu no meio da área, desviou para o gol e saiu para o abraço.

Em vantagem, o Jamaicanos fechou os espaços e passou a jogar no contra-ataque, mas teve poucas chances até o final do embate. A pressão foi toda do Fase Boa. Acácio teve boa oportunidade aos 14. Ele recebeu de costas para o gol, girou e bateu forte, mas a bola saiu por cima. Cauê Gonçalves também tentou várias vezes de longa distância, mas parou na defesa ou no goleiro Lucas Flores, um dos principais destaques do jogo.

O Jamaicanos segurou a vitória por 1 a 0 e carimbou vaga para a decisão. Assim como a primeira semifinal, o embate entre Medonhos e 21 de Julho foi muito equilibrado, e decidido no detalhe. O Medonhos foi mais eficiente no ataque, teve mais uma atuação segura na defesa e venceu por escore mínimo, conquistando a classificação para a grande final mais uma vez.

Na Série B, duas partidas parelhas decidiram os finalistas e novos integrantes da divisão principal. Na primeira semifinal, o Inter de Montenegro/TK Pneus superou o Olympique Montenegro por 2 a 1 e garantiu seu retorno à elite. No segundo jogo, o Atlético Parças/Motel Refúgio derrotou a gurizada do Celtic, também por 2 a 1, e se credenciou para a disputa do título. As finais da Copa Brenner Ford estão programadas para o próximo sábado, dia 15. (MF)

Deixe seu comentário