Inter não conseguiu romper da defesa do Corinthians e ficou com o vice-campeonato. Foto: Ricardo Duarte

A noite de quinta-feira, dia 25, terminou de forma triste para os colorados no Beira-Rio. O Inter de Abel Braga lutou até o fim, mas não conseguiu romper a defesa do Corinthians e, assim, terminou o Campeonato Brasileiro 2020 na segunda posição. Se tivesse vencido a partida teria sido campeão, uma vez que o Flamengo perdeu seu jogo por 2 a 1 para o São Paulo.

A partida decisiva no Beira-Rio foi cheia de emoções. O Inter começou o jogo atacando o adversário, mas logo o jogo ficou morno e o Corinthians passou a reter mais a bola. Numa disputa pela pelota na lateral esquerda, aos 30 minutos, o colorado encaixou um contra-ataque que culminou em Moisés cruzando rasteiro e a bola pega no braço de Ramiro.

De imediato, o árbitro Wilton Pereira Sampaio marcou a penalidade. No entanto, após revisar o lance no VAR, o pênalti foi cancelado. O lance pareceu ter acordado o Inter, que, aos 44 minutos, balançou a rede da goleira defendida por Cássio. No entanto, o gol marcado por Yuri Alberto foi anulado por impedimento do atacante.

Na segunda etapa, logo aos quatro minutos, outra grande chance do colorado: Heitor cruzou da direita e Edenilson apareceu no meio da área. Como manda o manual, ele cabeceou para baixo, buscando surpreender o goleiro, mas Cássio fez grande defesa. Aos 18 minutos, Caio Vidal fez boa jogada individual e arriscou da entrada da área. A bola explodiu na trave.

Precisando de um gol para se sagrar campeão, Abel Braga promoveu trocas na equipe. Abel Hernández e Thiago Galhardo entraram nas vagas de Yuri Alberto e Praxedes. Depois, Heitor e Caio Vidal deram lugar para Lucas Mazetti e Peglow. Antes, ainda no primeiro tempo, Rodrigo Dourado foi substituído por sentir dores na coxa. Rodrigo Lindoso entrou em seu lugar.

Edenilson marcou gol já nos minutos finais da partida, mas tento foi anulado por impedimento. Foto: Ricardo Duarte

No entanto, as mudanças pareceram não surtir efeito e o Inter seguia sem conseguir romper o bloqueio corinthiano. Até que, aos 44 minutos da etapa complementar, Cuesta carregou a bola da intermediária até dentro da área do Corinthians e cruzou rasteiro para Edenilson. O camisa 8 mandou a bola para o fundo da rede e, brevemente, o Beira-Rio explodiu em alegria.

Porém, o bandeirinha marcou impedimento – que foi confirmado pelo VAR – e o tento que teria dado o título de campeão do Brasileirão 2020 para o colorado foi anulado.

Ainda no último minuto de jogo, Lucas Ribeiro ficou com a sobra da bola dentro da área do Corinthians e mandou por cima do gol. Após esse lance, Wilton Pereira Sampaio apitou o fim da partida, decretando a vice-campeonato do colorado.

Sem registro de aglomerações

De acordo com a Brigada Militar e a Defesa Civil de Montenegro, não houve registro de aglomerações na cidade durante a partida.

Grêmio entra em campo domingo

O Brasileirão 2020 terminou, mas ainda resta uma competição da temporada chegar ao fim: a Copa do Brasil. E o Grêmio tem chances de levantar esse caneco. O primeiro jogo da final contra o Palmeiras ocorre domingo, dia 28, na Arena. A partida está marcada para as 16h. Já o jogo de volta está agendado para o dia 7 de março, às 18h.

Na quinta-feira, encerrando sua participação no Campeonato Brasileiro de 2020, um Grêmio reserva foi batido por 1 a 0 pelo Bragantino. Com isso, a equipe comandada por Renato Portaluppi garantiu vaga na fase inicial da Libertadores. Caso vença a Copa do Brasil, o tricolor gaúcho terá vaga direta na fase de grupos da competição continental.

Deixe seu comentário