Prova de vida digital reduzirá deslocamento e aglomeração em bancos. Imagem: inss.gov,br

Cerca de 300 mil beneficiários serão contatados nos próximos dias

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em parceria com a Secretaria de Governo Digital (SGD) do Ministério da Economia e a Dataprev, inicia o projeto-piloto da prova de vida por biometria facial. As primeiras ações iniciam nesta quinta-feira, dia 20, visando alcançar cerca de 300 mil beneficiários de todo o país.

Os contatos com os segurados começam a ser realizados nos próximos dias, por meio de mensagens enviadas pelo Meu INSS – com SMS unicamente do número 280-41 – com ligação da Central 135 ou por e-mail. Para realizar a biometria facial, o INSS usará a base de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Assim, serão selecionados segurados que tenham carteira de motorista e título de eleitor.

O Instituto salienta que este é um projeto-piloto de prova de vida por biometria. Portanto, nesta etapa, serão avaliados ajustes para que o procedimento digital possa ser implementado com segurança para todos os beneficiários ainda em 2020. Todavia, salienta que não será meramente um teste, e quem realizar esta prova de vida por biometria terá o procedimento efetivado, sendo dispensado de ir até o banco.

A prova de vida é realizada anualmente para evitar fraudes no pagamento de benefícios. É obrigatória para os segurados que recebem seu benefício por meio de conta-corrente, poupança ou cartão magnético, feita de forma presencial na instituição bancária em que é pago. Atualmente, devido a pandemia, ela está suspensa.

O novo projeto chegando então visando dar mais comodidade e, principalmente, segurança ao reduzir a necessidade de deslocamentos, evitando aglomerações. Mas, caso o cidadão não tenha acesso à internet e um smartphone, a prova de vida seguirá sendo realizada nas agências bancárias.

Como será?
-A prova de vida digital será feita por reconhecimento facial, com o uso da câmara do celular do cidadão, por meio do aplicativo do Meu INSS e do aplicativo do Governo Digital (Meu gov.br). O ícone para a prova estará disponível apenas aos selecionados que receberem contato do INSS para participar do projeto ;

-O segurado enviará uma foto, e o reconhecimento facial será feito por meio de prova de vivacidade e prova de identidade;

*prova de vivacidade: o cidadão é orientado pelo aplicativo a centralizar o rosto, virar o rosto para a direita, fechar os olhos, sorrir, virar novamente o rosto e fazer a captura da biometria através de foto

*prova de identidade: caso a biometria do cidadão a ser validada seja do TSE, será necessário informar o número do título de eleitor. Caso a biometria seja do Denatran, será necessária a Data de Emissão da Carteira de Habilitação

Atenção:
O número que enviará o SMS é o 280-41. Qualquer mensagem sobre prova de vida que não tenha esse número deve ser desconsiderada. Caso o cidadão que tenha sido notificado tenha alguma dúvida, ele poderá ligar ao telefone oficial do INSS 135.

Deixe seu comentário