Um incêndio em um galpão utilizado como depósito de ração lenha e outros materiais foi totalmente destruído por um incêndio no começo da tarde desta terça-feira, 14. O sinistro ocorreu em uma propriedade localizada às margens da BR-470, em São José do Sul.

Ana Lenhardt, de 54 anos, que é sobrinha do casal de idosos ao qual pertencia o galpão, viu uma fumaça escura e percebeu o que estava acontecendo. “Como sei que eles sempre dormem depois do almoço, fui correndo até a casa pra chamar eles”, conta. “O nosso medo era que o fogo atingisse as casas que tem aqui na volta”, acrescenta.

Seu Hermindo Aloísio Schütz, de 80 anos, e a esposa dele Ivone Verônica Schütz, 77, não se feriram. A ação de Ana e de outros moradores do entorno foi determinante para evitar que o fogo chegasse as casas. “Começamos a molhar a volta da casa com mangueiras e chamamos os bombeiros. Mas não teve muito o que fazer, queimou todo o galpão”, acrescenta Ana. A moradora acredita que o fogo feito em um fogão de chão, para cozinhar comida para os porcos, tenha se espalhado devido ao vento e atingido a edificação de madeira.

Aloísio Valdir Schütz, filho do casal, estava no trabalho quando soube do sinistro. Ele e o irmão que moram com os pais logo correram para tentar conter o incêndio.

Após a ação do Corpo de Bombeiros de Montenegro, uma máquina da prefeitura de São José do Sul foi até o local para realizar a limpeza dos escombros.

 

Deixe seu comentário