Na residência, parte da cozinha e a sala foram destruídas pelas chamas. Vizinhos auxiliaram a apagar o fogo

O fogo teria começado na lareira da residência. Outras duas pessoas também se feriram, mas já receberam alta

A calmaria da localidade de Faxinal foi quebrada na noite de sábado, dia 25, pelos gritos de socorro vindos de uma residência na Estrada Papa João XXIII, que pegou fogo. Ao que tudo indica, o incêndio teve início na lareira da casa. As três pessoas que estavam no local ficaram feridas. O caso mais grave é o de uma senhora de 92 anos – mãe da proprietária. Ela foi socorrida pelo Samu e está internada em Porto Alegre.

Segundo os vizinhos que foram ao socorro do trio, a idosa tem problemas de locomoção e não conseguia sair da sala, já tomada pelas chamas. O fogo se alastrou pelas cortinas e pelo tapete, enchendo a edificação de fumaça. Após muito custo, foi um vizinho que conseguiu entrar e resgatá-la, ainda antes do Samu e dos Bombeiros chegarem. Tudo ocorreu por volta das 20h30min.

De acordo com informações preliminares, a idosa estaria em estado grave, mas estável. O casal de proprietários – Valdir Kirst, 61 anos, e a esposa Marta Nogueira Kirst, 58 – também se feriu, mas não com tanta gravidade. Eles foram encaminhados ao Hospital Montenegro e receberam alta na manhã de ontem, dia 26. Abalados, dirigiram-se à residência para tratar dos cachorros e recolher alguns pertences.

Na correria para apagar o fogo, os vizinhos lembram, até água da piscina da propriedade era buscada pelos socorristas amadores. O Corpo de Bombeiros de Montenegro atendeu a ocorrência e conseguiu conter o fogo. Além da sala onde ficava a lareira, a cozinha da residência também foi bastante prejudicada pelo sinistro. Na parte de fora, são visíveis as marcas das labaredas.

Deixe seu comentário