censo agropecuário,brasil,vagas,ibge
FOTO: IBGE

Começou nessa terça-feira, 19 de maio, a restituição das taxas de inscrição dos candidatos ao processo seletivo simplificado para o Censo 2020. O IBGE havia aberto processo seletivo para contratar supervisores e recenseadores em todo o país, que pudessem trabalhar na atividade. Eram 79 as vagas disponíveis para o posto de coleta de Montenegro, mas a realização do Censo foi adiada para o ano que vem, devido a pandemia do coronavírus; e a seleção aberta foi cancelada.

A devolução dos valores pagos na inscrição será feita através de um aplicativo do Banco do Brasil, o Carteira Digital dB. Não é preciso ser correntista do banco para usar a funcionalidade, que funciona como uma conta de pagamento digital apenas para transferência de valores; e não cobra taxas. Ao todo, serão devolvidos mais de R$ 2,8 milhões para inscritos de todo o país. “Essa foi a solução encontrada para evitar que essas pessoas tivessem que se dirigir a uma agência bancária no período de confinamento”, explica o coordenador de Orçamento e Finanças do IBGE, Antonio Carlos Mantuano.

A Central de Atendimento do Instituto fará contato por telefone com todos os candidatos que tenham dados de inscrição inválidos e irregularidades no CPF, a fim de viabilizar a devolução da taxa. Também, com quem for menor de idade, para que indique um responsável para a restituição do valor. Em caso de dúvidas, o IBGE atende pelo telefone 0800 721 8181 ou email ibge@ibge.gov.br, de segunda a sexta feira, das 8h às 18h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 14h.

Deixe seu comentário