Taxa de uso de respirador em UTI já está em 77% na casa de saúde Foto: HMV/Divulgação

O Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, anunciou a expansão programada da estrutura do morgue (necrotério) da instituição. A instituição está com um índice de internação superior à capacidade de leitos de UTI, registrando nesta terça-feira, 2, taxa de ocupação de 114,9%, e devido a isso alugou um contêiner refrigerado para alocar pacientes mortos pela Covid-19.

“O hospital colocou em prática a expansão programada em plano da estrutura do morgue (necrotério). Mesmo que não venha a ser utilizada, trata-se de uma medida preventiva que se faz necessária dentro dos padrões de qualidade assistencial e médica da instituição”, afirmou o hospital em nota. O contêiner está instalado na parte externa do hospital e, segundo a entidade, será utilizado “conforme a necessidade”.

IGP diz que atendimentos estão estáveis

O Instituto Geral de Perícias (IGP) do Rio Grande do Sul afirmou, nesta terça-feira, que o número de mortes violentas atendidas pelo órgão não sofreu alterações “nos últimos tempos”. Entretanto, o órgão avalia a solicitação de contêineres para, em caso de contingência devido à superlotação de hospitais, servir como “reforço” às instituições.

Deixe seu comentário