Na casa onde estava o homem baleado foram encontradas drogas, dinheiro e outros materiais. Foto: Divulgação/BM

Júlio César da Silva de Moura, 28 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira após trocar tiros com a Brigada Militar (BM) em Bom Princípio. O caso ocorreu na localidade de Bela Vista, na Estrada do Paraíso, por volta das 1h20min. De acordo com o titular da Delegacia de Polícia de Bom Princípio, delegado Marcos Eduardo Pepe, os policiais receberam a denúncia de que um sujeito estaria andando armado na rua. Quando os brigadianos chegaram no local, o sujeito entrou numa residência, que seria um conhecido ponto de tráfico, e efetuou um disparo contra a guarnição, que revidou com dois tiros. Júlio César foi atingido e levado para a UPA 24 Horas de Bom Princípio, mas não resistiu.

Segundo o delegado, na residência foram apreendidas 264,24 gramas de maconha, 19,20 gramas de cocaína e 5,95 gramas de crack. Além das drogas, os policiais encontraram no local R$ 496,75, um revólver calibre 38, duas balanças de precisão, uma faca, 11 cartuchos calibre 38 e dois de calibre 22. Conforme Pepe, Júlio César é natural de Santo Ângelo e o único registro policial com o seu nome é uma ocorrência de ameaça datada de 2017 onde ele é o acusado.

Nos últimos dias, Bom Princípio tem aparecido no noticiário policial em razão de ações da BM no Município. Ontem, uma adolescente foi apreendida no bairro Bom Fim Alto com grande quantidade de cocaína e crack. Para Pepe, esses casos têm relação com a Operação Diamante, que inclui policias de Porto Alegre, que fazem parte da Patrulha Especial (Patres) da BM, fazendo ronda à noite na região. “É um reforço no policiamento”, destaca. Por essa mesma operação foram apreendidas drogas e armas no interior de São Pedro da Serra, na tarde de segunda-feira.

Deixe seu comentário