Veículo suspeito de ter sido usado no crime foi localizado entre Triunfo e Taquari. Foto: BM Taquari

HOMICÍDIO pode estar relacionado à disputa de território pelo tráfico de drogas

Jean Peterson Martins Quincozes, de 22 anos, foi assassinado por volta das 21h15min desse domingo, dia 19. O crime ocorreu na frente de um bar, na localidade da Ponte Seca, em Triunfo. Pelo menos 10 disparos de arma de fogo foram efetuados contra a vítima. A principal linha de investigação da Polícia em relação ao homicídio é a disputa pelo território para tráfico de drogas.

Conforme testemunhas, três indivíduos tripulando um veículo teriam disparado diversas vezes na direção do Jean. Segundo a Polícia Civil de Triunfo, a vítima possuía diversas passagens por crimes relacionados ao tráfico.
Ainda na noite do crime, uma guarnição da Brigada Militar de Taquari, localizou o veículo suspeito de ter sido usado no crime. O fato ocorreu na divisa dos municípios de Taquari e Triunfo, na localidade de Costa do Santa Cruz. Ao ver o automóvel Onix, com características semelhantes ao carro que teria sido usado no homicídio, a viatura passou a acompanhá-lo. Ao fazer sinal para que o condutor parasse, a ordem dos policiais foi ignorada e o motorista acelerou para fugir da abordagem.

Segundo a BM, o veículo só parou após o condutor perder o controle em uma curva e arrebentar uma cerca entrando em um campo. Ao vistoriar o automóvel, foram encontradas várias munições calibre 9mm. O Onix estava com placas falsas, às originais estavam no interior do mesmo.

O carro foi recolhido ao depósito e as guarnições da região fizeram buscas aos elementos, que fugiram do local em meio a um matagal. Até o final da tarde dessa segunda-feira, 20, ninguém havia sido preso.

Vítima era Jean Peterson Martins Quincozes

Triunfo tem terceiro homicídio
O assassinato de Jean Peterson Martins Quincozes eleva para três o número de homicídios registrados em Triunfo desde o início deste ano. No dia 9 de fevereiro, João Batista Botelho, de 47 anos, foi alvejado dentro do Bar da Jaque, na localidade de Vendinha (Vila do Peninha, divisa entre Triunfo e Montenegro). Já a segunda morte ocorreu no dia 20 de março.

André Fagundes, de 41 anos, conhecido como Alemão, foi morto na Vila Tieta, interior de Triunfo. O homem chegou a ser conduzido ao Hospital Montenegro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A vítima possuía extensa fixa criminal.

Deixe seu comentário