Portal, Hackers, sistema interno, Salvador do Sul, site

Os serviços administrativos da Prefeitura de Salvador do Sul ficaram suspensos depois que hackers invadiram o sistema interno do município na última terça-feira, 21. Um especialista na área de informática foi contratado para resolver o problema, mas o portal segue com problemas para normalização.

Por volta das 9 horas da terça os dois servidores do sistema da Administração Municipal foram danificados. Um deles, com dados públicos de licitações, contratos, certidões, laudos, entre outros, teve todos os dados renomeados. Ao tentar abrir os documentos exigia-se senha de acesso. Eram arquivos salvos desde o ano de 1995. O outro servidor danificado foi do setor de contabilidade e tesouraria. “A telefonista foi quem chamou primeiro, comentando que não estava conseguindo acessar os dados, e logo depois fomos vendo que todos os documentos haviam sumido”, comentou o vice-prefeito de Salvador do Sul, Leo Haas.

Vários técnicos de informática foram consultados e eles foram unânimes no diagnóstico de que o sistema utilizado na prefeitura é bastante vulnerável, inclusive já tendo alertado em anos anteriores da fragilidade do mesmo. “O vírus que afetou o sistema pode ter entrado através de um simples email, um pen drive ou mesmo enviado por um hacker de qualquer lugar do mundo. Não temos como precisar”, destacou o técnico.

90% recuperado
Um dos problemas que a invasão acarretou já está 90 por cento recuperado, que é o setor de contabilidade. Já todos os documentos do Microsoft Word e Excel seguem danificados, impossibilitando a emissão de certidões, realização das licitações, contratos, enfim. O Backup de todos os documentos era realizado de forma assídua, no entanto o vírus afetou justamente no computador onde esse salvamento era realizado. “Estamos agora preocupados para que se recupere o máximo possível e depois garantir uma rede mais protegida, inibindo novas perdas”, disse Leo.

Crime comum
Situações como essa ocorrida em Salvador do Sul tem se tornado comum. O sistema da prefeitura de Sarandi também foi invadido duas vezes este mês e o caso está sendo investigado pela polícia. O vice-prefeito Leo Haas registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Salvador do Sul na tarde da última quinta-feira, 23 de fevereiro, informando que até o momento não houve contato do possível autor e nem extorsão.

Deixe seu comentário