Crioulo tubiano ‘Picolé’, da Maria Luisa de Oliveira de Campos, no Rancho Herança, está com a saúde em dia

Organização. Através de mutirões e seminário, Amigos do Cavalo quer erradicar doenças na cidade

O cenário de eventos tradicionalistas campeiros em Montenegro era de ausência da Prefeitura e de indignação, porém com inércia, dos donos de cavalo. A falta de exames do Mormo e da Anemia Infecciosa, e da vacina de prevenção à Influenza culminou no esvaziamento do Desfile Farroupilha de 2019, marcado por protesto que também não gerou solução. Foi neste momento que surgiu o Grupo Amigos do Cavalo, que ainda em 2020 pretende dar tranquilidade aos participantes de rodeios e desfiles, erradicando especialmente o Mormo.

E o primeiro evento será a Semana do Cavalo, com palestras nos dias 3, 4 e 5 de março, com entrada gratuita à comunidade, no Rancho Herança. O atual presidente do Grupo, Paulo Schneider, assinala que, no entanto, a programação já inicia nesta sexta-feira, dia 28, com o primeiro mutirão de exames e vacinas. Ele seguirá no sábado, 29, e domingo, dia 1º, em pontos estratégicos definidos com a divisão do mapa de Montenegro em micro-regiões; e cada dono de cavalo deverá procurar o local mais próximo de sua propriedade rural. Haverá ainda uma coleta e vacinação será em Pareci Novo.

O Mormo é uma doença mortal transmitida entre os animais através da baba, especialmente durante aglomerações. Isso justifica o agendamento prévio com hora marcada para comparecimento, e que esta definição seja respeitada. O Grupo acredita que assim não haverá mais do que cinco cavalos juntos, e em espaço aberto. Os três procedimentos terão custo de R$ 120,00. Normalmente, variam entre R$ 250,00 e R$ 300,00.

Schneider explica que este preço é resultado da organização. A reunião em pontos e dias específicos reduz os deslocamentos do veterinário e a quantia de exames garantiu desconto. Até quarta-feira havia mais de 200 inscrições. A coleta e aplicação serão feitas pelo veterinário Jefferson Costa, e os exames no laboratório Labvet Sul, de Santa Catarina.

Procedimentos de graça aos carroceiros
Os patrocinadores e os profissionais do mutirão serão parceiros na ação social para ofertar, gratuitamente, a prevenção aos cavalos dos carroceiros. Os Amigos descobriram que há 18 pessoas em Montenegro que trabalham com animais nas ruas, sendo a maioria de baixa renda. Schneider observou que se a ideia é erradicar as doenças, então é preciso alcançar todos.

Schneider diz que mutirão foi antecipado visando o
1º Rodeio de Montenegro (de 13 a 15 de março)

Estes procedimentos serão realizados na noite de quarta-feira, dia 04, a partir das 19 horas, no Rancho Herança (rua Cilon Rosa – Aeroclube). Neste dia haverá ainda oportunidade para outros cavalarianos (tradicionalistas ou criadores) realizarem o procedimento no local, então ao custo de R$120,00.

Já os carroceiros podem levar seu animal, sem necessidade de agendamento; ou apenas ir procurar o Grupo no local para marcar um dia e hora para irem em sua casa realizar o procedimento. O procedimento com os trabalhadores está dentro do seminário da próxima semana. Será a ação mais trabalhosa, pois, certamente, a maioria terá que ser levado primeiro para cadastrar seu animal na Inspetoria Veterinária, pré-requisito para exames e vacina.

“Nosso foco é a união”, ressalta Schneider, ao lembrar que foi solicitado, sem sucesso, apoio da Prefeitura. A intenção não era receber nada de graça, mas trabalhar de forma integrada com a autoridade. Então o Grupo foi informado que no quadro de servidores do Município não há veterinário certificado para realizar a coleta de sangue. Se houvesse, o procedimento completo sairia por cerca de R$ 70,00 por animal.

A programação da Semana do Cavalo está dentro do Calendário Municipal de Combate às Doenças Infecciosas dos Animais de Pequeno, Médio e Grande Porte (Lei 039/2019); nos períodos de 2 a 8 de março e 17 a 13 de agosto. Também a criação legal do Calendário foi sugestão do Grupo ao vereador Joel Kerber (PP).

Agende seu dia e local mais perto
Sexta-feira – dia 28
– 19 horas – Hotelaria Espírito Santo – Faxinal/Montenegro (BR-470)

Sábado – dia 29
– 8 horas – Muda Boi – Sociedade de Muda Boi
– 10h30min – Costa da Serra – Igreja da Costa da Serra
– 13h30min – Santos Reis – Sociedade
– 16h30min – Pareci Novo – Parque Municipal (ERS-124)

Domingo – 1º de março
– 8 horas – Potreiro Grande – CTG Alma Estradeira
– 10 horas – Rancho Herança – Montenegro (estrada Cilon Rosa – Aeroclube)

* pré-agendamento pelos telefones 9-9817-5203 ou 9-8136-0504

Atenção
– O animal precisa ser cadastrado junto à Inspetoria Veterinária (rua João Pessoa, em frente à Escola São João Batista);
– Exames de Mormo e Anemia têm seis meses de validade, então, para a Semana Farroupilha será realizado novo mutirão em agosto;
– A vacina na Influenza tem 1 ano de validade.

Dois dias de debates sobre saúde
Seguindo na programação da Semana do Cavalo, o Grupo realiza seu primeiro seminário dentro do recém criado Calendário Municipal de Combate às Doenças Infecciosas. Em três noites, o Rancho Herança e Terra, no bairro Aeroclube, será sede de debates e troca de experiências a respeito de cuidados diários com cavalos, bois e vacas. Será discutido desde a alimentação, alojamento até medicamentos para garantir a saúde dos aminais de estimação ou produção. A participação é gratuita e aberta à comunidade em geral.

Semana do Cavalo
Programação de palestras

Terça-feira – dia 03
-20 horas – Palestra: Supra Alimentos
Vinícius Trois Abreu – gerente técnico de equinos
Tema – Nutrição e manejo de equinos

Quarta-feira – dia 04
-19 horas – Realização de exames e vacina gratuitos aos carroceiros. Demais cavalarianos ao custo de R$ 120,00. No Rancho Herança

Quinta-feira – dia 05
-20 horas – Palestra: Organnact Saúde Animal
Fabiane Mattos – médica veterinária/ promotora técnica
Tema – Manejo sanitário
-Palestra: Inspetoria Veterinária de Montenegro
Rafael Silva Alves – Fiscal Estadual Agropecuário/ médico Veterinário
Tema – Sanidade equina e Legislação Relacionada

Deixe seu comentário