Idosos são primeiro grupo a ser vacinado, junto com profissionais da área da saúde. Foto: Divulgação/SES

Visando preservar a saúde dos cidadãos de Maratá, a secretaria municipal da Saúde mudou a maneira de realizar a campanha de vacinação contra a gripe no município. Os idosos devem ficar em suas casas, pois serão imunizados em suas residências a partir das 17h desta segunda-feira, dia 23. As visitas acontecerão diariamente, de segunda a sexta-feira, no final da tarde.

Conforme a secretária da Saúde de Maratá, Gisele Adriana Schneider, o avanço da pandemia do novo coronavírus obrigou o município a adotar esta estratégia. A equipe da secretaria vai percorrer todas as residências de pessoas com mais de 60 anos nos próximos dias. As visitas serão acompanhadas pelas agentes comunitárias de saúde, as quais terão as listas com os nomes da população apta a receber a vacina neste momento.

Pode ocorrer de algumas pessoas não estarem em casa no momento da visita. Portanto, a orientação é que essas pessoas liguem ao Centro de Saúde para agendar a aplicação da vacina ou verificar se a equipe retornará. Além disso, conforme o andamento da vacinação durante a semana, o Dia D no Centro de Saúde será mantido, ou seja, quem não for imunizado poderá ir no sábado, dia 28, ao Centro de Saúde, das 8h às 17h.

A Prefeitura de Maratá reforça que os cidadãos do grupo de risco podem ficar tranquilos, porque todos vão ser vacinados contra a gripe. Também vale destacar que a vacina não protege contra a Covid-19. Com isso, as medidas de prevenção e isolamento continuam. Mais informações pelos telefones do Centro de Saúde: 3614-4151 ou 3614-4157. Em caso de febre, tosse, dificuldade para respirar e suspeita de coronavírus, deve-se ligar para a vigilância em saúde pelo número 9 9699-7722.

Deixe seu comentário