Grêmio, River Plate, Libertadores, semifinal, Renato Portaluppi
Renato Portaluppi já decidiu o time, mas fará mistério até momentos antes de a bola rolar. Um empate garante o Grêmio na grande final. Fotos: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Libertadores. Em vantagem sobre o River Plate, tricolor terá Arena lotada hoje

Atual campeão da Libertadores da América, o Grêmio está a apenas 90 minutos de chegar a mais uma final da maior competição do continente. Depois de vencer o River Plate na Argentina por 1 a 0, na última semana, o tricolor pode empatar hoje à noite, na Arena, que estará garantido na decisão. Assim como ocorreu no primeiro jogo, a equipe gremista está desfalcada e a escalação para o duelo desta terça é um mistério. A bola rola às 21h45min.

Mais de 50 mil pessoas estarão na Arena para empurrar o Grêmio rumo à decisão. Na ida, o volante Michel, elemento surpresa de Renato Portaluppi, fez o gol que deixou o tricolor em vantagem no confronto. Mesmo sem Luan e Everton, a equipe gremista calou o estádio Monumental de Nuñez. Agora, Everton deve estar de volta para ajudar o Grêmio em busca da classificação.

Em contrapartida, o zagueiro Kannemann é desfalque certo para a decisão desta noite. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo na Argentina e cumpre suspensão. Como Bressan foi titular no final de semana, contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro, a tendência é que Paulo Miranda seja o companheiro de zaga de Geromel hoje, mas Renato não confirmou.

Na lateral-direita, o experiente Léo Moura deve voltar ao time, mesmo após boa atuação de Leonardo Gomes no primeiro jogo. A maior dúvida está no meio-campo. Com a volta de Everton e a grande atuação de Michel nos primeiros 90 minutos do duelo, Renato pode deixar Ramiro ou Alisson no banco de reservas. O meia-atacante Luan está fora.

O Grêmio garante vaga na final com uma nova vitória ou com um empate, por qualquer placar. Se o River devolver o 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. Caso vençam por qualquer outro escore, os argentinos se classificam. Surpreendido em casa, o River deve ter mudanças na escalação e na postura para a partida desta terça-feira. O centroavante Lucas Pratto, que já atuou por Atlético-MG e São Paulo, deve ser titular.

Sem ingresso para acompanhar de perto o tricolor, Jaime Büttenbender vai assistir ao jogo em casa, junto com familiares. Se conseguisse ingressos para o jogão, Jaime hospedaria torcedores do River em sua residência, o que acabou não acontecendo. “Eu iria na torcida visitante para acompanhar eles, mas ninguém conseguiu ingresso. O resultado do primeiro jogo também pesou”, frisa.

Confiante em uma nova vitória do Grêmio esta noite, o torcedor acredita que o time deve mudar sua característica para obter a classificação. “Espero um 2 a 0. O Grêmio deve atuar no contra-ataque, sempre marcando alto, com Everton na velocidade. E o Michel não pode sair do time”, analisa.

Um dos hermanos que Jaime receberia em sua casa é Emílio Dutra, 36 anos. O torcedor do River, da cidade argentina de Omerá, está confiante para o jogo desta terça. “Vai ser 2 a 0 ou 2 a 1 para o River, com dois gols de Lucas Pratto. Um gol não é grande vantagem”, declara.

Grêmio, Everton, treino, River Plate, Libertadores, decisão
Recuperado de lesão muscular, Everton retorna ao time hoje à noite
Emílio admite que o tricolor gaúcho anulou sua equipe no primeiro jogo, e acredita que o time que passar, será o campeão da Libertadores. “O Grêmio é um time forte, com cabeça (inteligência). Se ele não quer deixar você ter a bola, você não vai ter. O River é assim também. O primeiro encontro foi um jogo que qualquer um poderia ter vencido. É a final antecipada, pois são os dois melhores times da América. Quem passar, será o campeão do mundo (apostando que Grêmio e River têm condições de vencer o Real Madrid no Mundial de Clubes)”, aposta o torcedor argentino.

Torcedor acredita em reencontro com o Boca Juniors na final
Mesmo que esteja em vantagem e jogue em casa, o Grêmio não deve encontrar facilidade esta noite. Assim como o tricolor, o River Plate tem tradição na Libertadores e uma equipe qualificada. O gremista Lucas Gabriel Lopes acredita que a torcida deve ter paciência no confronto de hoje. “Os primeiros minutos serão de muita pressão do River. Nós, torcedores, precisamos ter paciência, porque os argentinos vão vir com tudo. Pratto deve ser a opção para o ataque deles, afinal, ele tem experiência e um bom jogo aéreo”, projeta.

A presença de Michel, para conter a velocidade do River, também será fundamental, garante Lucas. “Eles têm muita velocidade na transição. O Michel nos ajudou semana passada e neste jogo vai ser essencial novamente, pois Maicon e Cícero não têm mais perna para acompanhar o jogo todo. No outro confronto, passa o Boca. Se o Grêmio confirmar a vaga, o que não vai ser fácil, terá o reencontro com o Boca e dessa vez acredito que a história será bem diferente”, ressalta.

Prováveis escalações
Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Paulo Miranda (Bressan) e Bruno Cortez; Michel, Maicon, Alisson (Ramiro), Cícero e Everton; Jael.

River Plate: Armani; Montiel, Maidana, Pinola e Casco; Ponzio, Palacios e Pity Martínez; Borré, Scocco (Quintero ou Nacho Fernández) e Lucas Pratto.

Deixe seu comentário