Governador Eduardo Leite e secretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum. FOTO: FELIPE DALLA VALLE/PALÁCIO PIRATINI

O Governo do Estado lançou na quinta-feira, 20, o programa “Avançar no Desenvolvimento Econômico –Juro Zero”. A iniciativa é similar a lançada a nível municipal, em Montenegro, no ano passado. Consiste na oferta de empréstimos em dinheiro a pequenas empresas com o pagamento dos juros custeado pelo Estado. A expectativa é que o programa faça girar R$ 600 milhões em financiamentos; injetando recursos nos empreendimentos de menor porte.

“Nosso povo é vocacionado para o empreendedorismo e estamos avançando para sermos um Estado cada vez mais acolhedor e parceiro de quem empreende e gera emprego, renda e desenvolvimento”, destacou o governador Eduardo Leite ao apresentar a iniciativa. Ele explicou que os microempreendedores individuais (MEI’s) poderão financiar até R$ 10 mil, com doze meses para quitar a dívida; microempresas (ME’s) poderão financiar até R$ 30 mil com 33 meses para pagamento; e empresas de pequeno porte (EPP’s) poderão financiar até R$ 100 mil, também com 33 meses para pagar. O período de carência, nos três casos, será de três meses.

O acesso ao programa estará disponível a partir de 1º de fevereiro através do Badesul e do BRDE. Para financiamentos junto ao Badesul, o empreendedor poderá solicitar a adesão diretamente ao banco. No caso do BRDE, o atendimento será realizado por meio das cooperativas de crédito conveniadas (Sicredi, Sicoop, Cresol), que irão cadastrar os pedidos, verificar a documentação necessária para a liberação das operações e orientar as empresas.

Deixe seu comentário