O limite do saque imediato das contas do Fundo de Garantia (FGTS) foi aumentado. Após sansão da Medida Provisória pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira, 12, o valor passa dos R$ 500,00 para R$ 998,00 (o atual salário mínimo).

Mas há um porém. Só poderão sacar o valor ampliado os trabalhadores que tinham saldo de até um salário mínimo em seu Fundo no dia 24 de julho de 2019. Os que, nesta data, tinham mais que R$ 998,00 seguem com o limite de saque de R$ 500,00. A regra vale para cada conta no CPF do cidadão; e não para o somatório delas.

Quem está apto a receber o novo valor aprovado e já sacou os R$ 500,00 pode buscar o restante (R$ 498,00) até o dia 31 de março de 2020. Após, o montante retorna para a conta do Fundo de Garantia.

Deixe seu comentário