A comunidade da Fortaleza se mobilizou em prol da separação correta do lixo, na manhã deste sábado, 06. Nem mesmo o frio próximo de 0°C diminuiu a animação dos voluntários. A atividade é a primeira de uma série desenvolvida pelo projeto Semeando o Futuro, através de uma parceria entre a empresa John Deere e a ONG Global Communities com as comunidades do município.

“Nós iniciamos em Montenegro o programa de desenvolvimento comunitário e as comunidades que se inscreveram tinham que propor uma ação de importância e de impacto rápido”, explica a coordenadora regional de programas da Global Communities Naja Souza. “Os líderes comunitários estão passando por uma capacitação que trabalha a parte colaborativa, ou seja: preparar a comunidade para que eles sejam ativos. Que percam a dependência do poder público e se tornem sustentáveis”, explica.

Fortaleza escolheu, como ação, a conscientização sobre a separação e a destinação correta do lixo. “A gente viu uma oportunidade de unir a comunidade, de transformar esse lixo em renda e beneficiar o meio ambiente”, afirma a agricultora, terapeuta e líder comunitária da Fortaleza, Graciela Santos, 37. “Mesmo que seja pouco lixo gerado, já é um lixo que não será descartado na natureza e irá gerar renda”. O objetivo, segundo Graciela, é que os resíduos recicláveis sejam vendidos e o valor seja revertido em melhorias para a comunidade e para a escola Bello Faustino.

Para o engenheiro mecânico da John Deere, Paulo Augusto Gubert, 47, o sentimento é de satisfação em participar da atividade. “A gente é incentivado, na empresa, a participar de ações de voluntariado. O principal ponto, aqui, é dar o primeiro passo. A gente espera que isso incentive as pessoas a darem continuidade nesse trabalho”, afirma.

Foi realizada a sensibilização de moradores sobre o tema e a coleta de recicláveis na comunidade. Os materiais foram agrupados na escola Bello Faustino onde, na segunda-feira, devem ser recolhidos para destinação correta. Próximo à escola foram instalados dois contêineres coletivos para que os recicláveis sejam alocados ali e, posteriormente, recolhidos.

A Prefeitura de Montenegro apoiou a ação, oferecendo a parte lojística. “Estamos tendo iniciativas muito importantes da iniciativa privada com a comunidade, com um apoio bastante discreto do poder público. Esse envolvimento da comunidade é muito importante para que se tenha uma qualidade de vida melhor”, afirmou o prefeito Kadu Müller, que esteve acompanhando o trabalho. “O poder público está sempre na retaguarda, dando apoio a essas iniciativas”, garantiu.

Envolvimento com as ações comunitárias
O agricultor Renato Silva, 60, aproveitou a ação para descartar diversos aparelhos e materiais recicláveis. Segundo ele, a iniciativa é muito importante para as localidades do interior. “Para nós é muito bom que tenha isso aqui, porque nós temos que levar para a cidade, quando temos lixo para descartar”, diz. “O problema é conscientizar todo mundo, mas acho que devagarzinho a gente chega lá”, completa, esperançoso.

Quem também se voluntariou foi Luiz Flávo de Azeredo, morador da Fortaleza. “Isso é para o bem da comunidade. Lixo é prejudicial e é importante destinar corretamente”, afirma ele, que tem uma ligação especial com a escola, ponto central da ação na Fortaleza. “Bello Faustino era o meu avô, que fundou a escola”, revela. Para ele, o envolvimento de todos é fundamental para o desenvolvimento da comunidade.

Próximas ações
No dia 20 de julho a comunidade do bairro Estação que será mobilizada. O ponto de encontro é a escola Ana Beatriz Lemos e, a atividade escolhida para ser desenvolvida lá, é a reforma da praça do bairro. De acordo com o cronograma, será realizado plantio de flores, pintura de pneus, pintura de mesa e troncos de madeira, colocação de areia frente aos brinquedos, instalação de goleiras e serão confeccionados bancos de madeira.

A escola Oswaldo Aranha, no interior de Triunfo, será a próxima contemplada com o projeto. No dia 27 de julho será feita a revitalização da praça que já existe na escola. Em seguida, nos dias 03 e 10 de agosto, a associação do bairro Industrial será revitalizada. Haverá pintura interna e externa, portas, foro, janelas, colocação de uma pia na cozinha, instalação de uma porta, e de seis prateleiras, e instalação de tela ao redor do espaço.

No bairro Senai, os moradores se encontrarão com os voluntário no dia 17 de agosto, em frente ao bar Dois Irmãos. Haverá mutirão de limpeza no bairro, plantio de flores, pintura de pneus, trocos de madeiras e mesa, instalação de tela ao redor de todo espaço recreativo.

A revitalização no Zootecnia será no dia 24 de agosto. O ponto de encontro é a igreja Nossa Senhora Aparecida (na rua lateral da Unisc). A última ação será no dia 31 de agosto, na Praça das Poesias, no bairro São Paulo.

Deixe seu comentário