Com anonimato garantido, serviço pode receber via internet dados e informações sobre fatos criminosos - Foto: Secom

Assim como já ocorre pelo número de telefone do Disque-Denúncia 181, o fornecimento de pistas pode ser feito de forma gratuita, 24 horas por dia, sete dias por semana através do Denúncia Digital 181. A diferença está em agregar a agilidade e a praticidade da internet para facilitar o uso do canal.

Para utilizar o Denúncia Digital, basta acessar a página no site da Secretaria de Segurança Pública do RS em qualquer computador, tablet ou smartphone e preencher o formulário. O preenchimento de dados pessoais é opcional e nenhum dado da sua navegação será gravado. Os únicos campos obrigatórios são um relato sobre o que ocorreu, a seleção do tipo de crime que envolve (tráfico de drogas, por exemplo), a cidade do fato e uma descrição do denunciado.

A página também permite ao cidadão anexar até 10 arquivos de até 5 MB cada. Com isso, o denunciante pode enviar fotos, vídeos, planilhas, documentos e qualquer outro material que possa ajudar na apuração do crime relatado. O material é recebido pela equipe do Disque Denúncia, vinculada ao Departamento de Inteligência de Segurança Pública (Disp) da SSP, que faz uma análise prévia e encaminha para o órgão competente (Brigada Militar, Polícia Civil, corregedorias etc).

Podem ser repassadas tanto pelo Disque-Denúncia 181 quanto pelo Denúncia Digital 181 pistas sobre atuação de quadrilhas e gangues, abusos contra crianças, mulheres e idosos, desvios e omissões de servidores públicos, autoria de crimes, localização de foragidos, pontos de tráfico de drogas, porte ilegal de armas, maus-tratos a animais e outros delitos. As informações fornecem material valioso para auxiliar as atividades policiais de prevenção e investigação.

Mas atenção: o serviço não atende quem tenha sido vítima de um crime. Nesse caso, o caminho correto é registrar uma ocorrência, o que também pode ser feito via internet, pela Delegacia Online, ou presencialmente em qualquer Delegacia de Polícia.

O Disque Denúncia 181 recebeu 3.701 denúncias, o que representa média de 308 por mês ou de 10 a cada dia do ano passado. No Denúncia Digital, o volume é ainda maior. Foram enviados 9.849 relatos ao longo de 2020 – média de 820 por mês ou 27 por dia.

Em termos de tipo de delito, o que mais motivou denúncias por meio da plataforma online em 2020, fora a categoria “Outros crimes”, que engloba uma série de delitos de menor potencial, foram ações de “perigo de vida/saúde de outrem”, com 2.208 registros. O cenário reflete o contexto da pandemia da Covid-19 e a fiscalização de medidas preventivas.

Na sequência, aparecem “tráfico de drogas (866), jogos de azar (72) e crimes contra os animais (66) (confira abaixo o ranking dos 10 mais). No recorte de localidade, estão na Região Metropolitana os três municípios de onde parte o maior número de denúncias por meio do Denúncia Digital 181 – Porto Alegre (3.661),  Gravataí (463) e Canoas (346).

Deixe seu comentário