Foto: Detran-RS

Para atender à demanda represada em função da pandemia, o DetranRS está realizando uma força-tarefa para aplicar exames teóricos no interior do Estado. A ação ocorre em municípios chave onde há maior demanda; e estará em Montenegro na próxima segunda-feira, dia 5 de outubro. São cinco turmas durante o dia com 30 candidatos cada. O projeto iniciou no fim de agosto e já atendeu as regiões de Alegrete, Santo Ângelo, Santa Maria e Pelotas. As provas são aplicadas nos Centros de Formação de Condutores na modalidade impressa.

Além das provas impressas nos Centros de Formação de Condutores, o DetranRS trabalha em um projeto-piloto de exames remotos. As provas são aplicadas na modalidade eletrônica nos CFCs, com acompanhamento remoto de um servidor do DetranRS. Doze centros pelo Estado já aderiram ao piloto e, hoje, são oferecidas 300 vagas semanais de exames teóricos na modalidade remota.

O diretor técnico da Autarquia, Fábio Pinheiro dos Santos, explica que as provas precisaram ser suspensas por mais de dois meses em razão da pandemia de Covid-19. No retorno, a turmas tiveram a capacidade reduzida para atender às medidas de distanciamento. “Isso nos deixou com um passivo enorme. Estamos buscando medidas criativas para minimizar os transtornos à população com os recursos de que dispomos”, disse.

Ampliação do prazo

O DetranRS lembra ainda que o prazo de um ano para concluir o processo de habilitação está suspenso. Inicialmente, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aumentou esse prazo para 18 meses, mas, em 22 de setembro, nova resolução interrompeu por tempo indeterminado a validade do Renach (Registro Nacional de Condutores Habilitados). A regra se aplica tanto para os serviços em andamento quanto para os que vierem a ser abertos.

Deixe seu comentário