Paróquia São João Batista reuniu centenas de pessoas na festa do padroeiro

Santo é padroeiro da paróquia da cidade

Nem a chuva foi capaz de parar os fiéis nesse domingo, 30, em Brochier. A festança finalizou com chave de ouro o tríduo que foi realizado na paróquia São João Batista desde quinta-feira, 27.

A festa teve início com uma missa às 10h celebrada pelo pároco Genico Schneider, o momento teve como tema fé cristocêntrica. Logo após, os fiéis seguiram para um almoço no Centro Comunitário Católico. Ao final do almoço, a comunidade participou de sorteios de brindes.

Liséria Allebrandt foi premiada na festa

Liséria Allebrandt irá completar 62 anos nesta quarta-feira, 3, e já recebeu um presente adiantado. Uma das ganhadoras do sorteio, Liséria é católica ativa e participa do  Grupo Apostolado da Oração. “Eu vou à igreja desde criança, e para mim São João Batista é um grande Santo, ele que batizou Jesus”, fala. Ela garante que a festa estava muito bonita e que adorou tudo.

 

Seguindo a programação, após o almoço ocorreu uma reunião dançante com animação da banda Sempre Alegre. O momento foi esperado por todos, e diversos casais abrilhantaram o salão com as suas danças.

O almoço contou com variedades de saladas, cuca, galeto e carne assada

“A fé move montanhas”

Para organizar uma grande festa, em que centenas de pessoas estavam presente, foi preciso uma grande equipe. Ari Jorge Kerber é coordenador da paróquia e afirma que foi bem trabalhoso a organização, mas que valeu apena. “É um alívio conseguir concretizar essa ação, eu fiquei vários dias trabalhando para isso, cheguei a perder 5 quilos. Mas apesar de tudo foi compensador”, fala Jorge.

Segundo ele, a festa não tinha como principal objetivo arrecadação de dinheiro, mas sim fazer com que ocorra uma interação e união entre os fiéis. “Acho que o padroeiro deseja isso, que todos comemorem seus dias unidos. E eu tenho certeza que a retribuição disso virá de uma forma ou de outra. Eu já tive momentos difíceis na vida, principalmente de saúde, e hoje estou aqui curado”, relata Jorge Kerber. “A fé move montanhas, e eu nunca deixei de acreditar”, completa.

Em seu primeiro ano participando, o pároco Genico Schneider, teve grandes surpresas com a festa e os tríduos. “Ontem o nosso bispo, Dom Carlos Romulo esteve conosco, e muitas comunidades estiveram presentes, foi um momento muito bom”, relata o padre.

O padre ainda fala que neste domingo, além de celebrarem São João Batista, que nasceu no dia 24, foi um momento para relembrarem o seu martírio também. “ Hoje, junto com tudo isso, a igreja celebra também São Pedro e São Paulo, que para nós são duas colunas da nossa fé”, fala Genico. Mas ele relembra que antes de tudo, o alicerce maior da fé é Jesus Cristo.

O padroeiro esteve presente em todos os momentos

 

Deixe seu comentário