Israel e a esposa precisam de ajuda para levar uma vida com mais segurança junto à pequena filha

Uma das paredes do imóvel caiu com o vento. Os moradores pedem ajuda

MÃE E FILHA correm risco de vida dentro da moradia comprometida

A dona de casa Dianifer Gonçalves Ferreira, de 32 anos, moradora da Travessa Albino Hoffmeister, no bairro Cinco de Maio, em Montenegro, carrega nos braços a filha de sete meses e, nos ombros, a preocupação de que, a qualquer momento, a casa onde mora caia, colocando a vida da criança em risco. O imóvel foi condenado pela Defesa Civil do Município, mas sem ter para onde ir, a moradora enfrenta o perigo. No dia 9 de fevereiro, a situação do imóvel, que já era precária, ficou ainda pior, pois uma parede caiu com a força do vento durante o temporal que atingiu a região naquele momento. Por sorte, mãe e filha não se feriram.

Uma das paredes já caiu e outras dão sinais de que também podem desmoronar

As dificuldades da família foram relatadas em uma reportagem veiculada no Jornal Ibiá do dia 4. Dianifer e a filha moravam sozinhas na casa, pois seu companheiro, Israel Santos Conceição, 37 anos, cumpria pena na Penitenciária Modulada. No dia 10, ele concluiu o pagamento de sua dívida com a Justiça e foi liberto. O casal superou os desentendimentos que motivaram a prisão de Israel, uma agressão à esposa, enquadrada na Lei Maria da Penha, e agora quer vida nova.

Para Dianifer, o marido chegou à casa na hora certa. Mal retornou ao lar e já teve de consertar o estrago feito pelo temporal. A parede foi reerguida, mas o que a família realmente quer é retomar uma obra iniciada por Israel há muito tempo. O problema é que falta material de construção. Na primeira reportagem, houve pedido de ajuda à comunidade e muitas doações de mantimentos, roupas e até mesmo gás de cozinha foram enviadas para Dianifer. Contudo, no momento, a maior necessidade é de madeira, telhas e demais itens que possam servir para erguer a nova morada.

O pedido de “socorro” é voltado aos montenegrinos, pois mesmo diante da constatação dos riscos que a casa oferece aos moradores, a Defesa Civil informa que não pode agir. Conforme o coordenador do órgão, Elton José da Silva, a residência foi erguida de forma irregular em uma área de preservação ambiental.

Marido busca um trabalho

Israel Conceição quer arrumar um trabalho para melhorar a vida da família

Israel Santos Conceição quer esquecer o passado e viver em paz com a esposa e a filha. “O que eu fiz nunca mais vai se repetir. Sou um cara honesto, muita gente na cidade me conhece e sabe disso”, diz Israel, arrependido do que fez e que o levou à prisão. Diante do problema da casa e da possibilidade de uma nova gravidez da mulher, ele quer uma oportunidade de trabalho para poder sustentar a todos.

Israel conta que possui experiência com mecânica e em obras, mas que tem interesse em aprender novas atividades em qualquer área em que surja uma oportunidade de colocação. “Comecei a trabalhar com sete anos de idade como vendedor de picolé. Com 15 anos, minha carteira de trabalho foi assinada pela primeira vez”, orgulha-se.

Israel relata que não teve envolvimentos com drogas e nenhum outro tipo de ato ilícito. Por isso, ele espera que algum empresário da cidade se sensibilize com a situação de sua família e lhe dê uma oportunidade de trabalho.

Quem puder ajudar, tanto com doações como com trabalho, pode entrar em contato com o casal através do número (51) 981436953.

Deixe seu comentário