A Central de Polícia de Montenegro recebe, até domingo dia 8, a exposição fotográfica “O Silêncio Também é uma Arma”, das fotógrafas Fabiane Guedes e Pâmela Lazaroni.  A iniciativa da mostra partiu da Delegada Carolina Funchal Terres, da DEAM de Canoas.

A ideia surgiu quando a delegada arrumava o depósito de materiais apreendidos. Olhando os objetos, Carolina pensou o quanto a maldade pode ser criativa, pois os agressores fazem uso dos mais variados objetos e instrumentos para ameaçar e agredir suas vítimas. Foi então que, a delegada resolveu mostrar esses materiais ao público, com o objetivo de incentivar mulheres que ainda sofrem em silêncio a denunciar seus agressores.

As fotografias foram feitas no ambiente da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher  DEAM) de Canoas, utilizando materiais de apreensões em inquéritos policiais do mesmo local, ou seja, são objetos que de fato foram usados para ameaçar ou lesionar mulheres.

 O contraste entre armas e objetos femininos ficou por conta das fotógrafas que souberam explorar o belo em meio ao terror. As telas podem ser apreciadas no saguão de entrada da Central de Polícia, que fica localizada na Avenida Júlio Renner, a Via II, no bairro Santa Rita.

 

 

Deixe seu comentário