Prova disputada na Cidade do Cabo, na África do Sul, garantiu belas paisagens. Foto: Arquivo Pessoal/Argeu da Silva
Argeu completou o percurso em uma hora e 29 minutos. Foto: Arquivo Pessoal/Argeu da Silva

Aos 41 anos, o montenegrino Argeu da Silva completou neste sábado mais um desafio longe de casa. Desta vez, ele percorreu o percurso de 21 quilômetros da meia maratona da 50ª Two Oceans Marathon, na Cidade do Cabo, na África do Sul, em uma hora e 29 minutos. O tempo foi abaixo do seu projetado de uma hora e 24 minutos, mas mesmo assim o corredor está muito contente com o resultado. “Eram muitos atletas, então era difícil de manter um ‘pace’ baixo. Com certeza eram mais de 20.000 atletas”, comenta. A chuva e o frio foram outros fatores que dificultaram na prova.

No entanto, o apoio dado pela população local durante o percurso foi algo inédito para Argeu. “É uma experiência única. Uma energia única, a população foi muito receptiva”, afirma o experiente corredor. Em 2018, o montenegrino participou da Meia Maratona Mountain do Fim do Mundo, em Ushuaia, na Argentina, e, um ano antes, correu o Desafio do Atacama, no Chile.

Falando em Chile, é para lá que o atleta pretende retornar em setembro para disputar uma prova na Patagônia Chilena. No entanto, esse desafio ainda depende de patrocínio. Antes, em junho, ele irá correr a Maratona de Porto Alegre.

O retorno de Argeu está agendado para segunda-feira, mas isso não significa que o domingo será de descanso. “Amanhã faço um treino por aqui de 10 quilômetros para soltar a musculatura”, garante.

Deixe seu comentário