O evento contou com a participação de reis e rainhas de várias gerações

A 1º Festa dos Reis e Rainhas do Tiro e Bolão do Vale do Caí resgatou antigas tradições da Alemanha na região

No último sabado,28, a cidade de Pareci Novo se transformou em um cantinho especial da Alemanha com a 1º edição da Festa dos Reis e Rainhas do Tiro e Bolão do Vale do Caí. O clima de descontração tomou conta da Sociedade Cultural e Esportiva Matiel, onde aconteceu o evento com início às 10h.

Com uma breve volta no salão da entidade ao som da bandinha Musical Ômega 3, o público começou as atividades resgatando antigas tradições alemã. Entre os participantes, a jovem Rainha do Tiro ao Alvo 2017 Eduarda Roveda, 27. “Isso tudo é muito divertido, principalmente por reunir as pessoas e de alguma forma colaborar para que essa tradição não desapareça”, disse Eduarda. “A juventude tem um papel fundamental nesse processo”, completou a rainha.

A rainha do Tiro ao Alvo 2017 Eduarda Roveda ressalta a importância dos jovens na preservação das tradições alemãs

A diretora do Tiro da Sociedade Matiel, Janete Hörlle Zirbes, explica que quando o povo alemão veio para terras brasileiras, trouxe muitos aspectos culturais, e assim que chegaram buscaram instalar uma igreja, uma escola e uma sociedade onde fosse possível desenvolver momentos de integração e lazer.

“Nesses espaços eles cultivavam os jogos de cartas, o bolão, tiro ao alvo, entre outras brincadeiras, sendo que essa última funcionava também como defesa, uma vez que essas pessoas vieram para o Brasil e nada tinham de segurança, então isso servia de proteção para eles e suas famílias”, explicou a diretora. “Em função da legislação no que diz respeito ao armamento de 2011, nós tivemos que mudar as nossas armas, que antigamente eram utilizados os rifles para praticar o esporte, mas hoje são usadas as de pressão”.

Helme Schöeder e Ilsene Fuchs, ambas com 88 anos, acompanharam toda a movimentação da festa enquanto relembravam a época em que participavam das competições. Para elas, o Tiro ao Alvo e o Bolão proporcionam um momento de integração da comunidade e mais que isso, unem as famílias. Helme e Ilsene foram rainhas 1952 e 1981

A sociedade de Linha Nova, Pareci Novo (centro) e Matiel são as únicas na região que ainda mantêm viva a tradição vinda da Alemanha, e no que depender desse público, está longe de acabar. Além da participação das três sociedades nas disputas dos Reis e Rainhas do Tiro ao Alvo e Bolão, a Sociedade da Várzea também concorreu na segunda modalidade.

Entre uma brincadeira e outra, um prático típico e uma canção tradicional, jovens, adultos e idosos compartilhavam o desejo de todo um legado deixado pelos primeiros imigrantes alemães. Para o presidente da Sociedade Matiel Ilson Frederico Wunder, esse é um momento de compreender a importância que a chegada desse povo representa para os dias hoje.

“Muitos valores estão se perdendo atualmente, e quando falamos em tradição é mais delicado ainda, por isso, é importante eventos como esse para que possamos lembrar e reviver um pouco de nossas raízes culturais”, destacou o presidente da entidade.

Reis e Rainhas do tiro e do bolão do vale 2018

Bolão Feminino
Benemérita: Helmi Schroder – Matiel
2° Princesa: Janete Hoerlle Zirbes – Matiel
1° Princesa: Eliane Schroder – Matiel
Rainha: Clarice Bohn – Linha Nova
Bolão Masculino
Benemérito: Armundo Ziemke – Várzea
2°Príncipe: Moacir Wenzel – Matiel
1° Príncipe: José Carlos Both – Pareci Novo
Rei: Márcio Marcadella – Pareci Novo
Tiro Feminino
Benemérita: Ilsene Fuchs – Matiel
Mais Pontos: Eduarda Roveda – Matiel
2° Dama: Izolete Kranz – Pareci
1° Dama: Eliana Schroder – Matiel
Rainha: Loraci Schneiders – Matiel
Tiro Masculino
Benemérito: Oscar Muller – Matiel
Mais Pontos: José Carlos Both – Pareci Novo
2° Cavalheiro: Frederico Streit – Pareci Novo
1° Cavalheiro: Vanderlei Junqueira – Linha Nova
Rei: José Carlos Both – Pareci

Deixe seu comentário