Pilotos de Montenegro venceram seis das 20 baterias disputadas na etapa do último domingo

MAC sediou a 10ª etapa do Campeonato Pirelli, no último final de semana

O final de semana foi de muita adrenalina, integração e disputas emocionantes na pista do Montenegro Automóvel Clube (MAC), na localidade de Costa da Serra. O local recebeu a 10ª etapa do Campeonato Pirelli de Veloterra e reuniu 176 pilotos de todo o Rio Grande do Sul. As provas oficiais foram disputadas na tarde de domingo. Das 20 baterias da etapa, os atletas montenegrinos venceram seis.

Montenegrino Luis Antônio de Souza comemora a vitória na categoria Intermediária Importada

Desde o início da tarde de sábado, 12, a movimentação era intensa na sede do MAC. Equipes de todos os cantos do Estado aproveitaram o dia para posicionar seus toldos, organizar os equipamentos e testar as motos. Ainda no sábado, os pilotos fizeram o reconhecimento da pista nos treinos livres.

Organizador do Campeonato Pirelli de Veloterra há 26 anos, André Tramontini da Costa destaca que a pista do MAC é diferente de todas as outras do certame. “A pista aqui em Montenegro oferece muita velocidade e exige mais preparo dos pilotos e das máquinas. As outras pistas são mais duras, de terra vermelha. Acredito que a pista do MAC hoje nivela o campeonato. O trabalho de suspensão é essencial para um terreno como esse, pois a areia segura muito as motos”, declara.

O nivelamento citado pelo organizador foi visto na maioria das baterias da etapa do último domingo. “O campeonato está com um nível muito elevado neste ano. Atualmente, é um dos melhores do Estado. Além disso, é difícil ter quedas e quebras de motos nesta pista”, complementa Tramontini.
Os pilotos de Montenegro, que correram “em casa” nessa etapa, fizeram bonito. Na categoria 55cc A, o pequeno João Gabriel Worst foi o campeão da prova. O montenegrino Everton Luis de Simas subiu no topo do pódio nas categorias Nacional 4 Tempos e VX3 Nacional. Quem também conquistou a dobradinha no MAC foi Alex Alarcon Junior, vencedor das baterias da Nacional Força Livre e 230cc Pró. O outro piloto da cidade que se sagrou campeão dessa etapa foi Luis Antônio de Souza, na categoria Intermediária Importada.

 

Jeferson Baptista também deu show no MAC. O piloto de Pareci Novo venceu as provas das categorias Intermediária 230cc e Novatos Nacional, e ficou com a segunda posição nas categorias Nacional Força Livre e 230cc Estreantes.

Atual presidente do MAC, Ricardo Rocha enaltece que o grande objetivo do evento é a integração. “O melhor de tudo em sediar uma etapa do Campeonato Pirelli de Veloterra é reunir os amigos e as famílias. Agradeço à Prefeitura Municipal, que deu um bom auxílio para realizarmos esse evento”, salienta.

Leandro Sperotto, que acompanhou de perto as provas no último domingo, ressalta a adrenalina proporcionada pelos pilotos. “Para quem gosta de motos, esse é um dos melhores eventos do Rio Grande do Sul”, diz.

Deixe seu comentário