Não há informação sobre locais ou valores

Pela terceira vez, o governo estadual prorrogou o contrato para a realização de estudo de viabilidade para a concessão de três rodovias estaduais: a 324, a 020 e a 287, que corta Montenegro. A empresa contratada, agora, terá até fevereiro de 2019 para entregar sua análise, que embasará, posteriormente, a publicação de edital para a concessão. A gestão atual não divulgou detalhes do número de praças de pedágio, locais ou valores de cobrança previstos.

O primeiro prazo para a entrega do estudo era maio deste ano. Uma primeira prorrogação passou ele para novembro, depois para dezembro e agora houve nova mudança. Mesmo tendo sido uma promessa do Governo Sartori a publicação do edital até o fim de seu primeiro mandato, o secretário de Planejamento, Governo e Gestão, Josué de Souza Barbosa, argumentou que, com a troca de governador, optou-se por não dar início à nova etapa para evitar mudanças posteriores com o Governo Leite. Após a entrega do estudo, ele precisa ser divulgado para que sejam abertas consultas públicas e realizadas audiências ainda antes do lançamento da licitação de concessão.

Deixe seu comentário