Neste domingo, dia 24, as prefeituras da região Vale do Caí mais Triunfo não divulgaram boletim da Covid-19. Nesta segunda-feira, dia 25, será retomada a imunização nas cidades, de primeira dose a partir de 12 anos; complemento vacinal com segunda dose e reforço de terceira dose para idosos, imunossuprimidos e profissionais da Saúde.

O Rio Grande do Sul se mantém entre os Estados com maior agilidade na vacinação contra a covid-19. Nos dados divulgados pelas Secretarias da Saúde, o Estado ocupa a segunda colocação, com 77,3% de vacinados, atrás apenas de São Paulo, onde 83,28% de pessoas já receberam pelo menos a primeira dose.

Segundo o Consórcio de Veículos de Imprensa, 73,94% da população gaúcha recebeu pelo menos uma dose da vacina. O índice está acima dos 71,56% imunizados no país. Apenas São Paulo, com 80,13%, e Santa Catarina, com 74,73%, têm mais vacinados em relação à população em geral.

Já na imunização completa, obtida com a segunda dose ou dose única, com 56,8%, o Rio Grande do Sul mais uma vez é superado apenas por São Paulo, com 65,3%. Em Santa Catarina, 54,1% da população recebeu a segunda dose ou dose única. No país, são 50,7%, segundo o Consórcio de Veículos de Imprensa.

Pandemia ainda não acabou
A vacinação é importantíssima, pois a pandemia da Covid-19 recuou, mas não acabou. Inclusive, a imunização é exigência para acessar eventos sociais e esportivos no Rio Grande do Sul, com apresentação do “passaporte da vacinação”. Porto Alegre, por exemplo, estava com 140 pacientes confirmados com Covid-19 ocupando leitos de UTIs até o começo da noite desse domingo, 24. E havia ainda 13 casos suspeitos de contaminação. A taxa de lotação estava em 74,83%. No dia 1º de setembro, 163 pacientes ocupavam leitos de UTIs, onde tratavam da doença. No geral, em todo o estado os leitos de UTI disponíveis estão em 57,9% de ocupação; ou 1.912 pacientes em 3.301 leitos existentes.

Deixe seu comentário