Foto: Reprodução Facebook

Nesta manhã de quarta-feira (21), a Polícia Civil localizou o corpo de Ernani Mottin em Porto Alegre. De acordo com as informações, ele foi encontrado próximo a um prédio em frente à rodoviária da Capital. A polícia acaba de confirmar a identidade.

As investigações apontam que ele teria caído do sétimo andar do edifício Continental. O fato ocorreu há cerca de meia hora. Ele foi até Porto Alegre de ônibus, nesta segunda-feira (19), de acordo com as imagens da rodoviária. A ocorrência está em andamento.

Desaparecimento
O engenheiro Ernani Mottin, 68 anos, desapareceu na manhã de segunda-feira (19). Ele saiu de casa às 7h15 da manhã e foi visto pela última vez por volta das 7h30min. De camiseta rosa e bermuda, ele carregava um pacote.

Na semana passada, ele havia sacado R$ 5 mil em uma agência bancária no Centro e entregou para a sua esposa. Em um bilhete deixado no apartamento, ainda segundo as informações coletadas, ele afirmava que o dinheiro seria para a família se manter por um período. Também diz que iria embora antes que os problemas financeiros aumentassem. Isso teria relação com um suposto medo de ser demitido.

De acordo com o sobrinho e sócio-proprietário da farmácia em que Ernani trabalhava, Juliano Mottin, o tio estava de férias. O retorno era para ter ocorrido na segunda-feira, mas ele não apareceu no trabalho.

Engenheiro foi candidato a vereador
Ernani José Mottin era natural de Sarandi, mas morou em Montenegro desde criança. Em 2012, foi candidato a vereador, pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). Durante os anos 2000, foi colunista do Jornal Ibiá por cerca de cinco anos. Casado, ele completaria 69 anos no próximo dia 15.

Além de engenheiro, possuia pós-graduado em Administração, Informática Gerencial e Segurança do Trabalho. É autor dos livros “Autoconhecimento – Caminhos para a Excelência Pessoal” e “Criatividade Passo a Passo”.

Deixe seu comentário